MRV (MRVE3) perde R$ 629 milhões em valor de mercado em um dia

Com baque, construtora perdeu posto de segunda maior representante do setor na B3 para a Cury (CURY3)

Author
Publicado em 11/01/2024 às 20:22h - Atualizado 3 meses atrás Publicado em 11/01/2024 às 20:22h Atualizado 3 meses atrás por Marina Barbosa
Obra (Shutterstock)

As ações da MRV (MRVE3) despencaram 11,78% nesta quinta-feira (11), fechando o pregão a R$ 8,39. O baque fez a companhia perder R$ 629 milhões em valor de mercado em apenas um dia, caindo para a terceira posição do ranking de maiores incorporadoras da B3.

📉 A MRV sofreu no pregão desta quinta-feira (11) porque deve ser impactada pela reoneração da folha de pagamento, caso União e Congresso não cheguem a um consenso sobre o assunto; mas também por causa de especulações do mercado sobre uma possível mudança no guidance da empresa e sobre a prévia operacional de 2023.

Leia também: EcoRodovias (ECOR3): SP libera estudo sobre nova pista na Imigrantes

Publicada após o fechamento do mercado, a prévia operacional aponta para um aumento de 45% das vendas líquidas em 2023, na comparação com 2022. Segundo a MRV, as vendas líquidas atingiram o valor recorde de R$ 8,5 bilhões no ano passado. O resultado foi registrado depois de as vendas do quarto trimestre também terem batido recorde, totalizando R$ 2,3 bilhões, alta de 55,8% em relação ao quarto trimestre de 2022.

Cai para 3º no ranking de maiores incorporadoras da B3

A especulação que precedeu a publicação dos números operacionais, no entanto, fez a MRV perder R$ 629 milhões em valor de mercado nesta quinta-feira (11). Com isso, a companhia também perdeu o posto de segunda maior incorporadora da B3 em valor de mercado para a Cury (CURY3), segundo levantamento de Einar Rivero, da Elos Ayta Consultoria.

💵"No fechamento do pregão em 11 de janeiro, a empresa estava avaliada em R$ 4,71 bilhões, ficando atrás da Cury Construtora, que atingiu R$ 5,09 bilhões", comentou Einar Riveiro.

A Cyrela (CYRE3) ocupa o primeiro lugar do ranking, com folga. Veja as cinco maiores incorporadoras da B3 e seus respectivos valores de mercado, segundo o levantamento de Einar Rivero:

Não foi só nesta quinta-feira (11), no entanto, que a MRV fechou em baixa na B3. As ações da construtora só tiveram dois dias de alta em 2024. A desvalorização acumulada é de 25,29% no ano. Por isso, a MRV já perdeu R$ 1,59 bilhão em valor de mercado neste início de 2024.

Prévia operacional

Além de vendas líquidas recordes em 2023, a prévia operacional da MRV mostra que a construtora parou de queimar caixa no último trimestre do ano passado. Depois de resultados negativos nos três primeiros trimestres de 2023, a companhia teve uma geração de caixa de R$ 137 milhões no quarto trimestre de 2023.

🏘️ Segundo a MRV, a geração de caixa teve um acréscimo de R$ 268 milhões se comparada ao resultado do terceiro trimestre de 2023 (R$ -131 milhões), "confirmando o turnaround da Companhia".

A MRV ainda registrou um aumento do ticket médio. O indicador fechou o quarto trimestre em R$ 246 mil, alta de 2,9% na comparação com o terceiro trimestre de 2023 e de 18,6% frente ao mesmo período de 2022.

MRVE3

MRV
Cotação

R$ 6,57

Variação (12M)

-3,81 % Logo MRV

Margem Líquida

0.4%

DY

0%

P/L

-124,02

P/VP

0.55