Kallas: Construtora que avalia IPO amplia lucro em mais de 60% em 2023

Lucro líquido atingiu R$ 78 milhões, com crescimento de receita e maior eficiência nas despesas

Author
Publicado em 16/02/2024 às 22:01h - Atualizado 4 meses atrás Publicado em 16/02/2024 às 22:01h Atualizado 4 meses atrás por Marina Barbosa
(Shutterstock)
(Shutterstock)

Com planos de entrar na Bolsa, a Kallas Incorporações e Construções apresentou nesta quinta-feira (15) os seus resultados em 2023. A construtora registrou um lucro líquido de R$ 78 milhões no ano, 66,8% maior que o de 2022.

💰 De acordo com a companhia, a alta do lucro anual reflete as ações que vêm sendo praticadas desde 2022 com o intuito de gerar maior eficiência das despesas administrativas e comerciais, bem como o crescimento da receita líquida.

As despesas gerais e administrativas subiram 10,2%, mas as despesas comerciais caíram 13,7% e a receita líquida da construtora saltou 52,5% em 2023.

Leia também: Hapvida (HAPV3) vai recomprar até 200 milhões de ações

A receita líquida anual alcançou R$ 995,0 milhões, sustentada, sobretudo, pela venda de imóveis. As vendas brutas do Grupo Kallas cresceram 11,8% em 2023, para R$ 1,44 bilhão.

O resultado bruto do Grupo Kallas compreende os empreendimentos de médio e alto padrão da Kallas, mas também os empreendimentos de padrão econômico da Kazzas e os loteamento do K'urb.

A velocidade de vendas do grupo, no entanto, caiu de 38% em 2022 para 33,9% em 2023. A construtora creditou a queda ao alto volume de lançamentos no final do quarto trimestre de 2023.

🏗️ Os lançamentos do Grupo Kallas aceleraram 44,2% no ano, chegando a um valor geral de vendas de R$ 1,75 bilhão. Contudo, R$ 910,3 milhões foram registrados só no quarto trimestre de 2023, por meio do lançamento de 1.388 unidades.

Com isso, a companhia terminou o ano com um estoque avaliado em R$ 2,36 bilhões, sendo 11,1% de estoque pronto e o restante em construção.

O Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado foi de R$ 146,6 milhões em 2023, 53,3% maior que o de 2022. A margem Ebitda ajustada ficou estável em 14,7%.

IPO

A Kallas é uma das empresas que avalia ter ações negociadas na B3. A construtora disse em novembro de 2023 que mantém conversas regulares com o mercado financeiro sobre um potencial IPO (Oferta Inicial de Ações).

A companhia não comentou a possibilidade ao apresentar os resultados de 2023, nesta quinta-feira (15). Disse apenas que o grupo "está bem estruturado, confia em seu corpo diretivo e colaboradores para continuar sua trajetória de mais de 40 anos de resultados positivos".

O IPO já foi avaliado anteriormente pela Kallas, mas acabou sendo suspenso em 2021 em meio a incertezas sobre a economia brasileira e os juros altos, como tantos outros. A B3 não recebe nenhuma nova empresa desde 2021. Agora, no entanto, há uma expectativa de que a B3 volte a ser palco para IPOs, em razão da melhora do cenário econômico e a redução dos juros e a Kallas já indicou que ainda considera a possibilidade.