Itaú (ITUB4): Lucro sobe 15,7% no ano, para R$ 35,6 bilhões

No quarto trimestre, o banco teve lucro líquido recorrente de R$ 9,4 bilhões, alta anual de 22,6%

Author
Publicado em 05/02/2024 às 20:31h - Atualizado 3 meses atrás Publicado em 05/02/2024 às 20:31h Atualizado 3 meses atrás por Marina Barbosa
Itaú (Shutterstock)
Itaú (Shutterstock)

O Itaú (ITUB4) obteve um lucro líquido recorrente de R$ 35,6 bilhões em 2023. O resultado é 15,7% maior que o de 2022 e foi registrado depois de o lucro do banco no quarto trimestre saltar 22,6%, para R$ 9,4 bilhões.

📈 De acordo com o Itaú, o resultado anual foi influenciado pelo crescimento da carteira de crédito e das receitas de prestação de serviços e seguros.

O banco terminou o ano com uma carteira de crédito de R$ 1,176 trilhão. A carteira cresceu 3,1% no ano, impulsionada principalmente pelo crédito pessoal (13,7%) e pelo crédito imobiliário (6,8%).

Leia também: Itaú (ITUB4) pagará dividendo de R$ 1,12 por ação, veja detalhes

O índice de inadimplência acima de 90 dias, que marcou 2,9% ao final de 2022 e 3,0% no terceiro trimestre de 2023, recuou para 2,8% em dezembro de 2023. É o menor valor dos últimos cinco trimestres.

"Essa redução ocorreu em razão da melhora do indicador no segmento de pessoas físicas no Brasil e reflete a gestão estratégica de riscos do banco", comentou o Itaú.

💳 Já as receitas de prestação de serviços e seguros cresceram 5,3% no ano, para R$ 51,1 bilhões. A cifra foi impulsionada pelos ganhos com cartões, bancos de investimentos e seguros.

Com esses resultados, o Itaú terminou o ano com um ROE (retorno recorrente sobre o patrimônio líquido) de 21,2%, superior ao do quarto trimestre de 2022 (19,3%) e praticamente estável em relação ao do terceiro trimestre de 2023 (21,1%).

No quarto trimestre de 2023, o Itaú registrou um lucro líquido recorrente de R$ 9,4 bilhões. O dado subiu 4% em relação ao trimestre anterior e 22,6% em relação ao mesmo período de 2022.

Projeções para 2024

Além de publicar o balanço de 2023, o Itaú anunciou o pagamento de dividendos complementares no valor de R$ 1,12 por ação, aprovou um novo programa de recompra de ações e apresentou as suas projeções para 2024 nesta segunda-feira (5).

O banco espera ampliar sua carteira de crédito em ao menos 6,5% neste ano. Veja o guidance do Itaú para 2024:

  • Carteira de crédito total: alta de 6,5% a 9,5%;
  • Margem financeira com clientes: alta de 4,5% a 7,5%;
  • Margem financeira com o mercado: entre R$ 3 bilhões e R$ 5 bilhões;
  • Custo do crédito: entre R$ 33,5 bilhões e R$ 36,5 bilhões;
  • Receita de prestação de serviços e resultado de seguros: alta de 5,0% a 8,0%,
  • Despesas não decorrentes de juros: alta de 4,0% e 7,0%.

"Entramos em 2024 otimistas e empenhados para entregar ainda mais valor aos nossos clientes, acionistas e colaboradores, tirando proveito de todas as mudanças que fizemos na organização para que os nossos clientes estejam no centro de todas as nossas decisões", comentou o presidente do Itaú Unibanco, Milton Maluhy Filho.

Segundo ele, o banco colheu "os resultados da nossa transformação cultural e digital" em 2023. "Mantivemos o banco em uma trajetória de crescimento sustentável, com índices de satisfação, engajamento e principalidade dos clientes em níveis de excelência, o que se reflete diretamente no nosso desempenho financeiro", afirmou.

ITUB4

Banco Itau Unibanco
Cotação

R$ 32,62

Variação (12M)

30,94 % Logo Banco Itau Unibanco

Margem Líquida

11,20 %

DY

7.16%

P/L

8,99

P/VP

1,72