Itaú (ITUB4) pagará dividendo de R$ 1,12 por ação, veja detalhes

Banco também aprovou um novo programa de recompra de ações nesta segunda-feira (5)

Author
Publicado em 05/02/2024 às 18:58h - Atualizado 3 meses atrás Publicado em 05/02/2024 às 18:58h Atualizado 3 meses atrás por Marina Barbosa
Itaú (Shutterstock)
Itaú (Shutterstock)

O Itaú (ITUB4) anunciou nesta segunda-feira (5) o pagamento de R$ 11 bilhões em dividendos complementares. O provento corresponde a um valor de R$ 1,125125 por ação e diz respeito aos resultados do banco em 2023.

💰 O dividendo complementar será pago no dia 8 de março de 2024 para os acionistas registrados no próximo dia 21 de fevereiro. O banco também pagará em 8 de março os JCP (Juros sobre o Capital Próprio) declarados em setembro e novembro de 2023. Confira os detalhes:

JCP anunciado em 6 de setembro de 2023:

  • Valor bruto: R$ 0,2693 por ação;
  • Valor líquido: R$ 0,228905 por ação;
  • Data de corte: 18 de setembro de 2023.

JCP anunciado em 24 de novembro de 2023:

  • Valor bruto: R$ 0,24724 por ação,
  • Valor líquido: R$ 0,210154 por ação;
  • Data de corte: 6 de dezembro de 2023.

De acordo com o Itaú, caso tenha direito aos três proventos, o acionista receberá um valor líquido total de R$ 1,564184 por ação em 8 de março.

Payout de 60,3% em 2023

O dividendo de R$ 1,12 por ação foi aprovado depois de o banco anunciar um lucro líquido recorrente de R$ 35,6 bilhões em 2023De acordo com o CFO do Itaú, Alexsandro Broedel, o banco apresentou um payout de 60,3% no ano, considerando o dividendo adicional e os JCP declarados anteriormente. Payout é o percentual do lucro líquido que a empresa distribui aos acionistas em forma de proventos.

Leia também: Itaú (ITUB4): Lucro sobe 15,7% no ano, para R$ 35,6 bilhões

"Nossos indicadores no quarto trimestre de 2023 confirmam um ano de resultados bastante sólidos e consistentes. Destaque para os índices de rentabilidade em ascensão, com crescimento da carteira de crédito, indicadores de atraso em queda e um índice de eficiência no nosso melhor patamar histórico", comentou Broedel.

Recompra de ações

💲 O Itaú também aprovou nesta segunda-feira (5) um novo programa de recompra de ações. Com isso, prevê a aquisição de até 75 milhões de ações preferenciais de emissão própria nos próximos 18 meses, até 4 de agosto de 2025.

De acordo com o banco, o novo programa de recompra tem quatro objetivos principais:

  • maximizar a alocação de capital através da aplicação eficiente dos recursos disponíveis;
  • prover a entrega de ações aos colaboradores e administradores da Companhia e de suas controladas no âmbito dos modelos de remuneração e dos planos de incentivos de longo prazo;
  • prover a entrega de ações aos colaboradores no âmbito de projetos institucionais, tais quais de incentivo à inovação e eficiência;
  • utilizar as ações adquiridas caso haja oportunidades de negócios no futuro.

A recompra pode atingir cerca de 1,56% das 4,8 bilhões de ações preferenciais do Itaú que estão em circulação no mercado e será financiada por meio de recursos provenientes das reservas de capital e lucro do banco.

"O Conselho de Administração entende que a liquidação da aquisição das ações de emissão própria é compatível com a situação financeira da Companhia, não vislumbrando nenhum impacto no cumprimento das obrigações assumidas", afirmou.

Com esse novo programa, o Itaú encerrou antecipadamente o plano de recompra de ações que estava em vigor desde agosto de 2022 e venceria no próximo dia 24 de fevereiro.

ITUB4

Banco Itau Unibanco
Cotação

R$ 31,85

Variação (12M)

26,19 % Logo Banco Itau Unibanco

Margem Líquida

11,20 %

DY

7.41%

P/L

8,78

P/VP

1,68