Equinor (E1QN34) vai construir parque de energia solar na Bahia

Empreendimento ficará dentro de um complexo de energia elétrica e será o primeiro projeto híbrido em energias renováveis da empresa.

Author
Publicado em 23/06/2024 às 12:34h - Atualizado 1 mês atrás Publicado em 23/06/2024 às 12:34h Atualizado 1 mês atrás por Marina Barbosa
Projetos híbridos combinam produção de energia solar e eólica (Shutterstock)
Projetos híbridos combinam produção de energia solar e eólica (Shutterstock)

A norueguesa Equinor (E1QN34) vai instalar o seu primeiro projeto híbrido em energias renováveis no Brasil. Isto é, um modelo que permite uma produção complementar de energia eólica e solar.

💡 O projeto prevê a construção de um complexo de energia solar dentro do parque de energia eólica Serra da Babilônia I, que fica na Bahia e é operado pela Rio Energy, empresa brasileira comprada pela Equinor em 2023.

Chamado de Complexo Solar SdB, o empreendimento terá uma capacidade de 140 MWp e será construído a partir de setembro deste ano. A operação comercial é esperada até o final de 2025.

Leia também: CBA (CBAV3) desiste de vender unidade de níquel em Goiás

"Com a aprovação do Complexo Solar SdB, agora temos ~600 MW de energia solar e eólica em produção e construção no país", destacou o vice-presidente da Equinor de energias renováveis onshore das Américas, Christian Lie Hansen.

☀️ Além do complexo de energia eólica Serra da Babilônia I na Bahia, a Equinor tem participação em ativos de energia solar no Ceará e no Rio Grande do Norte. São os complexos Apodi e Mendubim, respectivamente.

Segundo Christian Lie Hansen, o Brasil é "uma área-chave" para a meta da empresa de ser líder em transição energética, focando no crescimento lucrativo em energias renováveis.

E1QN34

Equinor
Cotação

R$ 73,36

Variação (12M)

6,47 % Logo Equinor

Margem Líquida

9,34 %

DY

8,29 %

P/L

8,17

P/VP

1,57