“Compre agora, pague depois”: Klarna Bank pode fazer IPO nos EUA em 2024

A empresa busca por uma avaliação de US$ 20 bilhões, segundo a Bloomberg

Author
Publicado em 28/02/2024 às 15:49h - Atualizado 4 meses atrás Publicado em 28/02/2024 às 15:49h Atualizado 4 meses atrás por Jennifer Neves
Klarma Bank - Foto: reprodução
Klarma Bank - Foto: reprodução

💳 A fintech sueca Klarna Bank AB segue planos de um possível IPO nos Estados Unidos. Com sede em Estocolmo, a empresa iniciou discussões com bancos de investimentos para a primeira oferta pública que pode acontecer no terceiro trimestre deste ano, de acordo com fontes consultadas pela Bloomberg. 

Conhecida por ser uma empresa do tipo “compre agora, pague depois”, a Klarna busca uma avaliação de US$ 20 bilhões, segundo as fontes. Contudo, algumas deliberações como prazo podem ser alteradas.

O CEO da Klarna, Sebastian Siemiatkowski, afirmou no mês passado que o IPO nos EUA poderia acontecer em breve. O país é o maior mercado da empresa, em termos de receita, com mais de 37 milhões de clientes. O comentário foi quando foi registrado o primeiro balanço positivo, após quatro anos consecutivos de prejuízos.

Há uma considerável especulação sobre a possibilidade de a Klarna iniciar operações no mercado britânico ou na própria Suécia. Em novembro, a empresa criou uma nova holding no Reino Unido, o que foi interpretado como um passo preparatório para uma eventual listagem.

Fundada em 2005, a Klarna fornece serviços de crédito para aproximadamente 150 milhões de consumidores em todo o mundo, facilitando o parcelamento de compras online. Ainda, a empresa processa cerca de 2 milhões de transações diariamente em 45 países.

Em 2021, a companhia foi avaliada em US$ 45,6 bilhões, antes de desvalorizar para US$ 6,7 bilhões no ano seguinte. Um dos motivos da queda foi o aumento das taxas de juros que forçou os investidores a reconsiderar plataformas de empréstimos online. 

*Com informações da Bloomberg