B3SA3 BE S.A. - BRASIL, BOLSA, BALCÃO

Cotação
R$ 52,98 0,00%
VALORIZAÇÃO (12M)
10,70%
P/L
31,37
P/VP
4,14
DY
1,86%
ROE
13,18%

INDICADORES FUNDAMENTALISTAS B3SA3

P/L
31,37
P/VP
4,14
DIVIDEND YIELD (DY)
1,86%
PAYOUT
88,00%
MARGEM LÍQUIDA
44,39%
MARGEM BRUTA
91,19%
MARGEM EBIT
56,10%
MARGEM EBITDA
69,54%
EV/EBITDA
18,64
EV/EBIT
23,11
P/EBITDA
20,02
P/EBIT
24,82
P/ATIVO
2,39
P/CAP.GIRO
24,72
P/ATIVO CIRC LIQ
-3,64
PSR
13,92
VPA
12,41
LPA
1,64
GIRO ATIVOS
0,17
ROE
13,18%
ROIC
10,72%
ROA
7,62%
DÍVIDA LÍQUIDA / PATRIMÔNIO
-0,29
DÍVIDA LÍQUIDA / EBITDA
-1,38
DÍVIDA LÍQUIDA / EBIT
-1,71
DÍVIDA BRUTA / PATRIMÔNIO
0,26
PATRIMÔNIO / ATIVOS
0,58
PASSIVOS / ATIVOS
0,42
LIQUIDEZ CORRENTE
1,39
CAGR RECEITAS 5 ANOS
27,91%
CAGR LUCROS 5 ANOS
8,88%

COTAÇÃO B3SA3

BE S.A. - BRASIL, BOLSA, BALCÃO

(Avaliações dos usuários)

09.346.601/0001-20

Ano de fundação da empresa
2007
Ano de estréia na bolsa
2008
Número de Funcionários
2040

SOBRE B3 - B3SA3

A Brasil, Bolsa e Balcão. S.A (B3), é uma empresa do ramo financeiro, responsável por ser a bolsa de valores do mercado nacional, criada como sociedade anônima de capital aberto é comercializada com o código B3SA3.

Sua principal atuação é ser a responsável pela comercialização de ativos, compreendendo a bolsa de valores brasileira, atua com objetivo de proporcionar transparência e liquidez para o mercado.

Vinculada as demais bolsas do país, a B3 é considerada um dos fundamentais intermediários do ramo financeiro brasileiro.

No decorrer dos anos, a empresa alcançou notoriedade entre as demais bolsas de valores mundo, entrando para as dez principais bolsas no quesito mundial. E em 2019, a B3 passou de US$1 trilhão em valor de mercado, detendo mais de 300 empresas inscritas e mais de 1,5 milhão de investidores, levando a empresa a obter uma receita líquida de R$ 6,5 bilhões com um crescimento de 22,9% em comparação ao ano anterior.

História da B3

Fundada em 1890, a Bolsa Livre foi uma amostra do que um dia seria a Bolsa de Valores de São Paulo, também conhecida como Bovespa.

Em 1891, a Bolsa Livre precisou encerrar suas negociações, devido a política do Encilhamento. No entanto em 1895, teve início a Bolsa de Fundos Públicos de São Paulo, que proporcionou a continuação, assim como a crescimento do mercado de capital do país.

Em 1935, a Bolsa de Fundos Públicos de São Paulo trocou seu nome para Bolsa Oficial de Valores de São Paulo. Por volta da década de 60, a instituição, em conjunto com outras bolsas do país, portava uma atividade regional e se encontravam ligada às secretarias de finanças do país. Cada uma das instituições federativas detinha a sua bolsa particular.

No entanto, com as reformas do sistema financeiro nacional, que ocorreram em 1965 e 1966, as bolsas precisaram assumir um caráter institucional, convertendo-se em associações civis sem fins lucrativos.

Em 1967, a empresa trocou seu nome mais uma vez passando a se chamar a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).

Em 2000, a empresa em conjunto com a Bolsa do Rio de Janeiro (BVRJ), realizaram a junção das 9 bolsas de valores do país, por meio da assinatura de um acordo. Com isso, ficou determinado que as ações pertencentes as companhias abertas e os títulos privados deveriam ser comercializados na Bovespa, ao passo que a BVRJ ficaria responsável pelo comercio eletrônico de títulos da dívida pública.

Em 2002, a BVRJ foi absorvida pela Bolsa de Mercadorias e Futuro (BM&F) e em 2008, a BM&F efetuou a fusão com a Bovespa, criando a BM&FBOVESPA.

Em 2017, ao seguir o processo de expansão do mercado financeiro brasileiro, a BM&FBOVESPA e a CETIP realizaram uma fusão entre elas. Surgindo assim, a B3, ou mais precisamente a Brasil, Bolsa e Balcão.

Em seu primeiro ano de atuação, a B3 passou a ocupar o 5º lugar das bolsas de valores do mundo no que se refere ao valor de mercado. A B3, possui ações no setor de Novo Mercado da Ibovespa, o que é totalmente concebível já que ela é uma empresa Sociedade Anônima. As ações da B3 também se apresentam nos índices IbrX, IBrX-50 e Itag.

Em 2019, a B3 alcançou 1,5 milhão de investidores pessoa física, proporcionando a empresa um lucro líquido de R$ 2,7 bilhões.

PONTOS RELEVANTES

  • Serviço escalável
  • Domínio de mercado
  • Dependência direta de meios digitais e tecnológicos
  • Sensibilidade ao cenário político e econômico nacional
Isso não é uma recomendação de compra/venda.

SOBRE B3 - B3SA3

VALOR DE MERCADO
R$ 105,70 Bilhões
R$ 105.695.578.692
VALOR DE FIRMA
R$ 98,41 Bilhões
R$ 98.405.683.692
PATRIMÔNIO LÍQUIDO
R$ 25,56 Bilhões
R$ 25.557.950.000
Nº TOTAL DE PAPEIS
2,06 Bilhões
R$ 2.059.138.490
ATIVOS
R$ 44,19 Bilhões
R$ 44.192.560.000
ATIVO CIRCULANTE
R$ 15,14 Bilhões
R$ 15.139.870.000
DÍVIDA BRUTA
R$ 6,75 Bilhões
R$ 6.748.410.000
DÍVIDA LÍQUIDA
R$ -7,29 Bilhões
R$ -7.289.895.000
DISPONIBILIDADE
R$ 14,04 Bilhões
R$ 14.038.305.000
SEGMENTO DE LISTAGEM
Nível 1
FREE FLOAT
99,24%
TAG ALONG
100,00%

COMPARADOR DE AÇÕES

P/L P/VP ROE DY Valor de
Mercado
Margem
Líquida
B3SA3 31,37 4,14 13,18% 1,86% R$ 105,70 B 44,39%
CIEL3 21,55 1,02 4,74% 1,25% R$ 9,35 B 9,31%
PDTC3 69,19 3,81 5,51% 0,00% R$ 334,20 M 0,00%

Receitas e Lucros B3 - B3SA3


Resultados B3 - B3SA3

ATIVOS/PASSIVOS B3 - B3SA3


BALANÇO PATRIMONIAL B3 - B3SA3

Discussão

Olá, faça login ou cadastre-se para postar uma pergunta.

ou