Encontrando uma ação com preço ideal

Comprar e vender ações exige a capacidade de compreender vantagens, estabilidade, valor, condições de mercado, especulação, retorno de investimento e muitos outros conceitos que podem te conduzir a um bom rendimento. É certo que para isso é preciso aprender sobre métodos e indicadores, como por exemplo o EV/EBIT do qual falaremos nesse post.

EV/EBIT
Indicador fundamentalista EV/EBIT – Foto: Freepik

Esse é um indicador interessante quando falamos de preço. Inclusive é um indicador que, diferente do Preço sobre Lucro, nos dá a possibilidade de olhar para setores diferentes.

O ponto é que olhando para o preço da ação e comparando com o retorno de rendimentos de uma determinada empresa, sabemos se aquele rendimento compensa e se apresenta uma alta taxa de retorno de capital.

O que é EV/EBIT

Vamos dividir o indicador em dois. Assim temos EV ou Enterprise Value que é o valor de mercado mais a dívida líquida de uma empresa e EBIT, uma sigla trabalhada aqui em nossos conteúdos significa lucro antes dos juros e impostos.

Como é voltado para o lucro operacional, o que é produzido com a atividade principal da empresa, consegue avaliar a qualidade operacional da empresa.

O EV/EBIT demonstra a capacidade produtiva da empresa com a estrutura atual tomando por base seu valor de mercado e seu lucro operacional. Assim, na hora de avaliar a ação, o investidor percebe ou não potencial na geração de lucros futuros e na estabilidade da empresa.

Como é feito o cálculo do indicador

Primeiro vamos calcular o EV, passando pelo valor de mercado, dívida bruta e disponibilidades. Para exemplo utilizaremos a empresa Pão de Açúcar PCAR3.

Valor de mercado: R$ 63,95 (cotação) x 268 milhões (ações ofertadas) = R$ 17.14 bi

Dívida bruta PCAR3: R$ 14.19 bi

Disponibilidades: R$ 7.95 bi

EV = R$17.14 bi + R$ 14.19 bi – R$ 7.95 bi = R$ 23.38 bi

Expondo o cálculo do EBIT com intuito de informar, pois o valor já é dado pela empresa:

Uma aproximação do lucro operacional, é a receita líquida subtraindo custos, despesas operacionais e financeiras.

O EBIT da PCAR3 dos últimos 12 meses é de: R$3.83 bi

Vamos então dividir EV (R$ 23.38 bi) por EBIT (R$3.83 bi) = 6.1

Para que serve o EV/EBIT

Quando o investidor compara o valor da empresa, seu EV, juntamente o lucro operacional, ou EBIT é possível compreender se a mesma está subavaliada em relação aos rendimentos gerados pela sua atividade principal.

Quanto menor for o EV/EBIT significa que você paga menos por cada real de lucro que empresa gera.

Um aspecto interessante do EBIT é que ele permite analisar empresas com diferentes níveis de dívida e impostos igualmente, através da comparação de rendimentos. Além disso O EV considera o valor da dívida e a capitalização de mercado, ou seja, leva em conta a estrutura financeira da empresa.

Esteja atento

Vale lembrar que, como em outros indicadores, o valor de mercado sobre o lucro operacional representa números do passado, que usamos como projeção para o futuro considerando estabilidade e condições equivalentes.

Um outro ponto é que, embora consigamos usar esse indicador fundamentalista no analise entre setores, mantem se a primícia de utilizar como comparativo no mesmo setor e de preferência do mesmo porte, ou portes parecidos. Isso porque uma empresa de maior porte, tem múltiplos maiores e altos investimentos.

Pronto, você aprendeu mais um indicador fundamentalista. Está no caminho certo para se tornar um grande investidor da bolsa, ter a capacidade de interpretar inúmeros indicadores faz parte desse processo.

Leia todos os conteúdos aqui do Investidor10, fique à vontade para comentar e tirar suas dúvidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui