PMAM3 PARANAPANEMA

Cotação
R$ 10,64 0,00%
VALORIZAÇÃO (12M)
-65,11%
P/L
-0,54
P/VP
-2,53
DY
0,00%
ROE
468,78%

INDICADORES FUNDAMENTALISTAS PMAM3

P/L
-0,54
P/VP
-2,53
DIVIDEND YIELD (DY)
0,00%
PAYOUT
-108,00%
MARGEM LÍQUIDA
-20,84%
MARGEM BRUTA
-1,90%
MARGEM EBIT
-3,00%
MARGEM EBITDA
0,42%
EV/EBITDA
171,06
EV/EBIT
-24,06
P/EBITDA
26,72
P/EBIT
-3,76
P/ATIVO
0,13
P/CAP.GIRO
-0,24
P/ATIVO CIRC LIQ
-0,22
PSR
0,11
VPA
-4,60
LPA
-21,55
GIRO ATIVOS
1,17
ROE
468,78%
ROIC
-12,18%
ROA
-24,41%
DÍVIDA LÍQUIDA / PATRIMÔNIO
-13,68
DÍVIDA LÍQUIDA / EBITDA
144,34
DÍVIDA LÍQUIDA / EBIT
-20,30
DÍVIDA BRUTA / PATRIMÔNIO
-14,98
PATRIMÔNIO / ATIVOS
-0,05
PASSIVOS / ATIVOS
1,05
LIQUIDEZ CORRENTE
0,42
CAGR RECEITAS 5 ANOS
-3,54%
CAGR LUCROS 5 ANOS
-%

COTAÇÃO PMAM3

PARANAPANEMA

60.398.369/0004-79

Ano de fundação da empresa
1961
Ano de estréia na bolsa
1977
Número de Funcionários
2206

SOBRE PARANAPANEMA - PMAM3

A Paranapanema S.A, é uma empresa de capital aberto com atuação na fundição, no refinamento de cobre primário, e na fabricação de semimanufaturados de cobre, além de suas ligas.

Considerada a única companhia a converter cobre mineral em metal no país. Suas operações perpassam a maior parte do mercado industrial do material em questão, acompanhando a produção, além da venda seus produtos e coprodutos, como: barras, conexões, fios trefilados, laminados, vergalhões, dentre outros produtos presentes em seu portfólio.

Presente na Bolsa de Valores no setor de nível mais alto de governança corporativa sob o código PMAM3, e no mercado fracionário sob o código PMAM3F.

Em 2019 a empresa recolheu uma receita líquida de mais de R$ 5,2 bilhões. No entanto, apesar de sua receita não ter sido ruim, a empresa fechou o ano com um lucro líquido negativo de cerca de R$ 25 milhões.

A empresa é conhecida como a 4ª maior companhia do estado da Bahia, e de acordo com as Melhores e Maiores empresas que a Exame trouxe, é a 110ª maior empresa do Brasil. Contando com cerca de 2.202 colaboradores, e 3 unidades fabris.

Sua sede, localizada na Bahia na cidade Dias d’Ávila, onde são fabricados fios, vergalhões e cátados. Em sua sede eles fabricam ainda coprodutos de cobre, como ácido sulfúrico e lama anódica.

A segunda unidade se encontra em São Paulo, mais especificamente em Santo André, onde realizam a fabricação de suas ligas (barras, laminados e tubos) e produtos de cobre. Além de ser centro de diversas fabricações, essa unidade acolhe também a sede fiscal que a empresa detém.

Sua terceira unidade se encontra no Espirito Santo, em Serra. Unidade na qual eles realizam a produção de conexões de cobre.

O Centro de Distribuição de Produtos de Cobre Ltda. (CDPC), administrado pela Paranapanema, dispõe de unidades na Bahia, no Rio de Janeiro, e em São Paulo, para além disso, ela efetua também a gestão da distribuição. 

História da Paranapanema 

Fundada em 1961, por José Carlos Araújo, Aloysio Ramalho Foz e Octávio Cavalcante Lacombe. No começo, suas atividades eram direcionadas para o ramo de construção civil pesada. No entanto, depois de realizar a aquisição da Minebra em 1965, passou para o ramo de mineração.

Assim, após descobrir minério de estanho na região da Amazônia em 1969, a empresa iniciou um novo momento e ampliou a sua atividade para a região Norte do país.

A década de 70 foi bem animada para a empresa, eles entraram para a Bolsa de Valores (1971); o BNDES comprou a empresa com objetivo em investir em pesquisas sobre o segmento de mineração (1974); participaram da fase de construção da Transamazônica, e ainda nesse mesmo ano, a empresa foi registrada na CVM (1977).

A década de 80 foi marcante em dois projetos importantes relacionados a construção, um deles é a mina do Projeto Ferro Carajás, e o outro é a fábrica de alumínio Albrás.

Em 1995, a empresa passou a ser administrada pelo Grupo de Fundos de pensão administrados por meio da Caixa. Em 1996, encerrou as atividades no segmento de construção civil, e deu início a uma reestruturação que a levou a se tornar uma holding focada no setor de metais não ferrosos.

Em 2002, a empresa vendeu o ramo de zinco, e em 2008, efetuou a venda do segmento de estanho.

Desde de 2012, o eixo de suas operações vem sendo a fundição e o refinamento de cobre primário e de semimanufaturados. No mesmo ano, ela passou a integrar o setor de Novo Mercado na Bolsa de Valores, esse é o maior nível da B3.

Em 2017, efetuou a renegociação de suas dívidas, e conseguiu captar cerca de R$ 712 milhões em ofertas públicas.

PONTOS RELEVANTES

  • 4ª maior companhia do estado da Bahia
  • 110ª maior empresa do Brasil


Isso não é uma recomendação de compra/venda.

SOBRE PARANAPANEMA - PMAM3

VALOR DE MERCADO
R$ 505,22 Milhões
R$ 505.220.802
VALOR DE FIRMA
R$ 3,23 Bilhões
R$ 3.234.742.802
PATRIMÔNIO LÍQUIDO
R$ -199,50 Milhões
R$ -199.500.000
Nº TOTAL DE PAPEIS
43,40 Milhões
R$ 43.403.849
ATIVOS
R$ 3,83 Bilhões
R$ 3.831.730.000
ATIVO CIRCULANTE
R$ 1,57 Bilhão
R$ 1.572.470.000
DÍVIDA BRUTA
R$ 2,99 Bilhões
R$ 2.988.550.000
DÍVIDA LÍQUIDA
R$ 2,73 Bilhões
R$ 2.729.522.000
DISPONIBILIDADE
R$ 259,03 Milhões
R$ 259.028.000
SEGMENTO DE LISTAGEM
Novo Mercado
FREE FLOAT
100,00%
TAG ALONG
100,00%

Receitas e Lucros PARANAPANEMA - PMAM3


Resultados PARANAPANEMA - PMAM3

ATIVOS/PASSIVOS PARANAPANEMA - PMAM3


BALANÇO PATRIMONIAL PARANAPANEMA - PMAM3