Vale (VALE3): Produção de minério de ferro sobe 10,6% no 4º tri de 2023

No ano, a produção subiu 4,3% e superou a meta de 315 milhões de toneladas

Author
Publicado em 30/01/2024 às 21:44h - Atualizado 3 meses atrás Publicado em 30/01/2024 às 21:44h Atualizado 3 meses atrás por Jennifer Neves
Vale é uma mineradora brasileira - Shutterstock
Vale é uma mineradora brasileira - Shutterstock

🪨🔨 A Vale (VALE3) anunciou, nesta segunda-feira (29), os resultados operacionais do quarto trimestre de 2023. A produção de minério de ferro aumentou 10,6% no quarto trimestre, em relação a igual período de 2022, alcançando 89,397 milhões de toneladas. Na comparação com o trimestre anterior, a produção de minério cresceu 3,7%.

“O desempenho da Vale no quarto trimestre foi marcado por produção e vendas sólidas em todos os negócios. Em dezembro, a produção mensal de minério de ferro foi a maior desde 2018”, diz relatório da Vale.

No ano, a Vale produziu 321,154 milhões de toneladas de minério de ferro. O resultado subiu 4,3% em relação a 2022 e superou a meta anual de 315 milhões de toneladas. De acordo com a mineradora, o resultado anual se deve a:

  • iniciativas contínuas para melhorar a confiabilidade de ativos no S11D;
  • sólido desempenho nos complexos de Itabira e Vargem Grande;
  • maiores compras de terceiros.

Preços

O preço médio alcançado pelos finos de minério de ferro atingiu US$ 118,3 por tonelada, refletindo um aumento de 23,7% em relação ao mesmo período do ano anterior. A escalada foi amplamente atribuída à valorização dos preços de referência do minério e ao impacto positivo das adaptações nos preços futuros.

o preço médio obtido para pelotas (aglomerados de finos de minério de ferro) foi de US$ 163,4 por tonelada, registrando uma queda de 1,3% em comparação ao ano anterior e um leve aumento de 1,4% em relação ao trimestre anterior. A Vale indicou que o efeito positivo do aumento dos preços de referência do minério de ferro foi contrabalanceado por reduções nos prêmios trimestrais das pelotas.

Níquel em queda

A produção de níquel do quarto trimestre de 2023 teve um total de 44,9 mil toneladas, o que marca uma queda de 5,3% em relação ao mesmo período de 2022, conforme último relatório operacional.

Essa redução já era esperada, devido à transição para mineração subterrânea em Voisey’s Bay, mina de níquel no Canadá, e às obras de manutenção planejadas no forno de Onça-Puma, no Pará. No acumulado do ano, a produção atingiu 164,9 mil toneladas, diminuição de 7,9% em relação ao mesmo período de 2022.

Leia também: Gol (GOLL4) já perdeu R$ 2,1 bilhões em valor de mercado em 2024

as vendas do mineral alcançaram 47,9 mil toneladas no quarto trimestre, representando uma queda de 17,7% em relação ao mesmo período de 2022, porém um aumento de 22,2% em relação ao terceiro trimestre de 2022.

Em 2023, as vendas totalizaram 167,9 mil toneladas, e a empresa tem expectativas de comercializar entre 160 mil a 175 mil toneladas neste ano.

A Vale comparou seus preços médios realizados com os da cotação de metal LME, e revelou um aumento de 7%, devido aos efeitos positivos das estratégias de proteção financeira (hedging) e ao aumento da venda de produtos Classe I, que são comercializados a preços mais elevados.

VALE3

Vale
Cotação

R$ 65,96

Variação (12M)

4,99 % Logo Vale

Margem Líquida

18,78 %

DY

10.56%

P/L

7,73

P/VP

1,60