Taesa (TAEE11) obtém licença para obras do projeto Tangará

Secretaria de Meio Ambiente do Maranhão deu licença para a subestação Encruzo Novo

Author
Publicado em 09/01/2024 às 20:29h - Atualizado 3 meses atrás Publicado em 09/01/2024 às 20:29h Atualizado 3 meses atrás por Marina Barbosa
Linha de transmissão de energia (Shutterstock)

A Taesa (TAEE11), Transmissora Aliança de Energia Elétrica, recebeu as licenças ambientais necessárias para o início das obras da subestação Encruzo Novo da Concessão Tangará, transmissora de energia elétrica que será construída nos estados do Maranhão e Pará.

💡 Em comunicado ao mercado publicado nesta terça-feira (9), a Taesa disse que recebeu a Licença Ambiental Unificada da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Naturais referente à subestação. Além disso, a companhia recebeu duas licenças prévias para a instalação da Concessão Tangará, uma da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão e outra do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

Leia também: Equatorial Pará (EQPA3) ajusta data base de JCP, confira

Segundo a companhia, com as licenças prévias, terá início "o processo de solicitação da Licença de Instalação, por meio do protocolo do projeto executivo e do plano básico ambiental". "A obtenção da licença prévia é um importante marco para o projeto, pois atesta a viabilidade socioambiental do empreendimento", comentou.

A Concessão Tangará é um empreendimento do leilão de transmissão de energia elétrica realizado em dezembro de 2022. O projeto terá aproximadamente 279 quilômetros de linhas de transmissão, sendo 72 quilômetros de circuito duplo. A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) estima que o projeto será energizado em março de 2028.

💰 Pelos cálculos da Taesa, Tangará apresenta uma RAP (Receita Anual Permitida) total de R$ 104,7 milhões para o ciclo 2023-2024 e um Capex Aneel (investimento) de R$ 1,117 bilhão.

TAEE11

Taesa
Cotação

R$ 35,69

Variação (12M)

8,77 % Logo Taesa

Margem Líquida

47,68 %

DY

6.12%

P/L

7,67

P/VP

1,84