Presidente do Irã morre após queda de helicóptero

Raisi era considerado um provável próximo líder supremo do Irã.

Author
Publicado em 20/05/2024 às 08:58h - Atualizado 24 dias atrás Publicado em 20/05/2024 às 08:58h Atualizado 24 dias atrás por Elanny Vlaxio
(Iranian Presidency / AFP)
(Iranian Presidency / AFP)

O presidente do Irã, Ebrahim Raisi, de 63 anos, morreu no domingo (19) após a queda de um helicóptero no Azerbaijão. Além do presidente iraniano, o ministro das Relações Exteriores, Hossein Amirabdollahian, o governador da província do leste do Azerbaijão, Malek Rahmati, o clérigo Hojjatoleslam Al Hashem estavam a bordo do helicóptero.

📰 Com a morte de Raisi, o vice-presidente Mohammad Mokhber, de 69 anos, assumirá o cargo e formará um governo de transição. A sucessão foi aprovada pelo líder supremo iraniano, o aiatolá Ali Khamenei, que decretou um luto de cinco dias no país.

Leia também: Bolsa americana fecha acima dos 40 mil pontos pela 1ª vez na história

A aeronave estava sobrevoando a província iraniana do Azerbaijão Oriental, próximo à cidade de Jolfa, na fronteira entre o Irã e o Azerbaijão, quando precisou realizar um pouso forçado devido às más condições climáticas.

🗞️ Após a confirmação da morte, o perfil de Raisi no X publicou uma mensagem em homenagem ao líder, citando um trecho do Alcorão, o livro sagrado muçulmano. Raisi era considerado um provável sucessor do aiatolá Ali Khamenei, que está com 85 anos, como próximo líder supremo do Irã.

A morte do líder iraniano deve ter um impacto significativo na geopolítica do Oriente Médio, já que o país participou indiretamente do ataque do Hamas ao território israelense em 7 de outubro de 2023 e vinha aumentando as tensões contra Israel desde janeiro deste ano, culminando em um ataque com mísseis em abril.