Neoenergia (NEOE3): Lucro cai 7% no primeiro trimestre

A companhia, por outro lado, ampliou o volume de energia injetada e aumentou a base de clientes.

Author
Publicado em 24/04/2024 às 08:42h - Atualizado 1 mês atrás Publicado em 24/04/2024 às 08:42h Atualizado 1 mês atrás por Marina Barbosa
(Shutterstock)
(Shutterstock)

A Neoenergia (NEOE3) teve um lucro líquido de R$ 1,127 bilhão no primeiro trimestre de 2024. A cifra é 7% menor que a do mesmo período do ano passado.

💡 O resultado foi registrado mesmo depois de a companhia ampliar em 8,2% o volume total de energia injetada no sistema, para 22.102 GWh. O desempenho operacional foi favorecido pelas temperaturas elevadas e pelo aumento da base de clientes.

As distribuidoras da Neoenergia tinham 16,4 milhões de consumidores ativos ao final do primeiro trimestre deste ano, uma alta de 307 mil de consumidores ou 2% em relação ao mesmo período de 2023. Com isso, o consumo de energia residencial subiu 7,4%.

O consumo de energia das classes industrial e comercial, no entanto, diminuiu nos três primeiros meses de 2024. Veja o resultado por classe:

  • Residencial: 7,4%;
  • Industrial: -16,4%;
  • Comercial: -2,9%;
  • Rural: 13,6%;
  • Outros (serviço público e uso próprio): -2,2%.

Diante desses resultados, a receita operacional líquida da Neoenergia somou R$ 11,020 bilhões, um resultado 1% menor que o do mesmo trimestre de 2023. A companhia ainda observou uma redução da margem de transmissão de energia elétrica. Por isso, viu sua margem bruta diminuir 2%, para R$ 4,657 bilhões. O Ebitda recuou 3% para R$ 3,507 bilhões.

Leia também: Equatorial (EQTL3) registra alta de 10% em energia injetada no 1º tri de 2024

💲 Com isso, os investimentos da Neoenergia recuaram 13% na comparação com o primeiro trimestre de 2023, para R$ 1,858 bilhão. A maior parte desse recurso (R$ 1,117 bilhão) foi destinada às distribuidoras, sobretudo com foco na expansão das redes. Outros R$ 728 milhões foram investidos em transmissão.

Em nota, o CEO da Neoenergia, Eduardo Capelastegui, disse que "os resultados confirmam nossa disciplina financeira, com responsabilidade de investimentos e qualidade de entrega para os clientes". "Seguimos superando desafios e, principalmente, priorizando a expansão e digitalização das redes a fim de acelerarmos as transformações que o setor de energia brasileiro exige", afirmou.

NEOE3

NEOENERGIA
Cotação

R$ 17,73

Variação (12M)

-9,65 % Logo NEOENERGIA

Margem Líquida

9,93 %

DY

5.47%

P/L

4,92

P/VP

0.7