Lula e Prates têm reunião nesta terça (21), após divergências sobre combustíveis

Governo deve pressionar Prates a baixar os preços dos combustíveis

Author
Publicado em 21/11/2023 às 09:27h - Atualizado 8 meses atrás Publicado em 21/11/2023 às 09:27h Atualizado 8 meses atrás por Juliano Passaro
Jean Paul Prates, presidente da Petrobras (Lula Marques/Ag.Brasil)
Jean Paul Prates, presidente da Petrobras (Lula Marques/Ag.Brasil)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva tem uma reunião marcada para esta terça-feira (21) com o presidente da Petrobras (PETR4), Jean Paul Prates. Lula deve cobrar Prates a baixar o preço dos combustíveis.

A reunião, que ocorrerá às 15h (horário de Brasília), também contará com a presença de Alexandre Silveira, ministro de Minas e Energia, além do ministro da Casa Civil, Rui Costa, e de Fernando Haddad, ministro da Fazenda.

Veja também: Milei confirma privatizações e ações argentinas sobem em Nova York

Prates e Silveira se atacam com ironias desde o início do governo Lula. Há meses atrás, no entanto, esse ponto havia entrado em calmaria, mas voltou na semana passada, após entrevistas e posts nas redes sociais. 

Na semana passada, o ministro de Minas e Energia publicou em uma rede social que "já estava na hora de puxar a orelha de novo da Petrobras”.

Também através de uma rede social, Prates rebateu o ministro: 

“Para que o MME, órgão da União, possa orientar a Petrobras a baixar os preços de combustíveis diretamente, será necessário seguir a Lei 13.303/16 e o Estatuto Social”.

Conforme publicou o jornal "O Globo", na última segunda-feira (20), o ministro Rui Costa já teria um nome para o lugar de Prates. O possível indicado de Costa a Lula seria Marcos Cavalcanti, secretário de Costa no Programa de Parcerias e Investimentos.