Lira é vaiado evento, mas Lula defende: falta de respeito

Deputado deve se candidatar √† reelei√ß√£o na C√Ęmara em 2025

Author
Publicado em 10/05/2024 às 15:23h - Atualizado 1 mês atrás Publicado em 10/05/2024 às 15:23h Atualizado 1 mês atrás por Wesley Santana
Lira e Lula em entrega de unidades habitacionais no Nordeste. Foto: Shutterstock
Lira e Lula em entrega de unidades habitacionais no Nordeste. Foto: Shutterstock

ūü§Ě Em evento realizado nesta quinta-feira (9), o presidente Lula (PT) defendeu o l√≠der da C√Ęmara, deputado Arthur Lira (PP), das vaias do p√ļblico.

Os pol√≠ticos participavam de um evento de entrega de moradias populares, em Macei√≥, no Alagoas, quando, durante pronunciamento, parte do p√ļblico vaiou o chefe da C√Ęmara. De pronto, Lira retrucou dizendo que a situa√ß√£o era ‚Äúuma falta de respeito‚ÄĚ.

"O meu pai, que muitos aplaudem e muitos vaiam, mas eu duvido, eu duvido que um morador que vai ser atendido por essas casas esteja vaiando hoje. Isso √© uma falta de respeito! Isso √© uma falta de respeito", disse o presidente da C√Ęmara.

Neste momento, Lula se levantou e ficou ao lado de Lira, onde permaneceu durante o resto do discurso. Logo quando tomou a palavra declarou que ‚Äúningu√©m leva ningu√©m para casa para ser vaiado‚ÄĚ.

"A gente precisa apenas a aprender a respeitar quando o ato √© institucional, um ato institucional n√£o tem cor partid√°ria. Porque, sen√£o, fica dif√≠cil para um presidente da Rep√ļblica viajar para inaugurar coisas, porque as pessoas que vem aqui s√£o convidas por n√≥s. E ningu√©m leva ningu√©m na sua casa para ser vaiado", declarou Lula.

ūüßĎ‚ÄćūüíľLeia tamb√©m: TSE marca julgamento de Moro para 16 e 21 de maio

Essa n√£o √© a primeira vez nas √ļltimas semanas que os dois l√≠deres trocam acenos p√ļblicos, depois de um hist√≥rico de rela√ß√£o conturbada entre Planalto e C√Ęmara. Em outra oportunidade nesta semana, Lula declarou que, mesmo o PT n√£o tendo uma bancada grande no Congresso, o governo tem conseguido aprovar projetos.

‚ÄúEu tive o Renan como presidente do Senado por dois mandatos no primeiro governo petista, alagoano, que me ajudou muito a governar. E agora, quis Deus que eu tivesse um outro alagoano na presid√™ncia da C√Ęmara, que me ajudou muito‚ÄĚ, disse o chefe do Executivo.

Artur Lira deve novamente se candidatar √† reelei√ß√£o para a presid√™ncia da C√Ęmara no in√≠cio de 2025. Al√©m dele, outros deputados se movimentam para concorrer ao cargo, como Elmar Nascimento (Uni√£o Brasil), Marcos Pereira (Republicanos) e Altin√™u Cortes (PL).