Depois de den√ļncias, Fiagro AAZQ11 chega a cair 7% na bolsa

Fundo imobiliário está sendo investigado por venda ilegal de créditos de carbono

Author
Publicado em 13/06/2024 às 20:50h - Atualizado 1 mês atrás Publicado em 13/06/2024 às 20:50h Atualizado 1 mês atrás por Wesley Santana
Foto: Shutterstock
Foto: Shutterstock

ūüö® O Fiagro AAZQ11 fechou esta quinta-feira (13) com uma baixa de 4,2%, em R$ 7,05. Durante o dia, por√©m, o recuou chegou a alcan√ßar a marca de 7%, conforme os dados p√ļblicos.

O motivo é uma ação da Polícia Federal que investiga o envolvimento de uma empresa na venda ilegal de créditos de carbono. O fundo está exposto a um CRA (Certificado de Recebíveis do Agronegócio) emitido pela empresa Stoppe LTDA, que teve seus sócios apontados como líderes de uma facção criminosa.

ūüŹĘ Leia mais: Conhe√ßa o FII que paga dividendos pela primeira vez

Na opera√ß√£o "Greenwashing" da PF, Ricardo Stoppe J√ļnior e seu filho, ambos s√≥cios da empresa, estariam envolvidos em um esquema de grilagem de terras no Amazonas. Segundo a PF, os cr√©ditos de carbono que seriam garantia de opera√ß√Ķes s√£o oriundos de terras da Uni√£o que foram invadidas, conforme destacou o Valor.

Atualmente, o AAZQ11 tem um patrim√īnio de R$ 543 milh√Ķes, dividido entre 13 mil cotistas, oferecendo um rendimento m√©dio de DI+4,84% ao ano. O ativo n√£o √© negociado na bolsa de valores, mas no chamado mercado de balc√£o, com neg√≥cios entre os compradores e vendedores.

AAZQ11

AZ QUEST FIAGRO
Cotação

R$ 7,99

Variação (12M)

1,14% Logo AZ QUEST FIAGRO

Liquidez Di√°ria

R$ 1,51 M

DY

17,69 %

P/VP

0.92