Brasil supera Itália e se torna a 8ª maior economia do mundo

Alta é reflexo do crescimento de 0,8% do PIB, registrado no 1º trimestre de 2024. Veja o ranking.

Author
Publicado em 04/06/2024 às 16:49h - Atualizado 1 mês atrás Publicado em 04/06/2024 às 16:49h Atualizado 1 mês atrás por Marina Barbosa
O Brasil voltou ao ranking das 10 maiores economias do mundo em 2023 (Shutterstock)
O Brasil voltou ao ranking das 10 maiores economias do mundo em 2023 (Shutterstock)

O Brasil subiu no ranking das maiores economias do mundo com a alta de 0,8% do PIB (Produto Interno Bruto) no primeiro trimestre de 2024. Com esse resultado, o país ultrapassou a Itália e tornou-se a 8ª maior economia mundial.

💰 O PIB do Brasil somou US$ 2,331 trilhões no primeiro trimestre, de acordo com levantamento da Austin Rating. É US$ 3 bilhões a mais do que o da Itália, que cresceu 0,3% no período e foi a US$ 2,328 trilhões.

"O Brasil conseguiu ter um desempenho um pouco melhor em termos de crescimento econômico que o da Itália, porque a Itália tem sofrido bastante com a crise na Europa", disse o economista-chefe da Austin Rating, Alex Agostini.

Leia também: PIB do Brasil registra alta de 0,8% no 1º trimestre de 2024

Entre os desafios enfrentados pela Itália, o economista cita a pandemia de covid-19, a alta dos preços de energia e dos juros diante da guerra entre Rússia e Ucrânia e a competição com a indústria chinesa.

📈 Já o PIB do Brasil cresceu 0,8% no primeiro trimestre, na comparação com o quarto trimestre de 2023. O resultado foi puxado sobretudo pelo consumo das famílias, que subiu 1,5% diante de incentivos como o reajuste do salário mínimo, o pagamento antecipado de precatórios e o aumento do crédito.

No entanto, há uma preocupação sobre o ritmo de crescimento dos próximos trimestres, por causa principalmente do impacto das chuvas no Rio Grande do Sul, mas também pela produção agropecuária e pela potencial diminuição do efeito das medidas que estimularam o consumo das famílias no início do ano.

Veja as 15 maiores economias do mundo

O ranking das maiores economias do mundo continua sendo liderado pelos Estados Unidos. O país responde por 26,4% da economia mundial, com um PIB de US$ 28,781 trilhões. É cerca de US$ 10 trilhões a mais que o segundo colocado, a China.

Veja as 15 maiores economias do mundo e seus PIBs, segundo levantamento da Austin Rating:

  • Estados Unidos: US$ 28,78 trilhões;
  • China: US$ 18,53 trilhões;
  • Alemanha: US$ 4,59 trilhões;
  • Japão: US$ 4,11 trilhões;
  • Índia: US$ 3,93 trilhões;
  • Reino Unido: US$ 3,49 trilhões;
  • França: US$ 3,13 trilhões;
  • Brasil: US$ 2,33 trilhões;
  • Itália: US$ 2,32 trilhões;
  • Canadá: US$ 2,42 trilhões;
  • Rússia: US$ 2,05 trilhões;
  • México: US$ 2,01 trilhões;
  • Austrália: US$ 1,79 trilhão;
  • Coreia: US$ 1,76 trilhão;
  • Espanha: US$ 1,64 trilhão.

Vale lembrar que o Brasil ficou de fora do ranking das 10 maiores economias do mundo de 2020 a 2022. O país voltou à lista em 2023, quando teve um crescimento de 2,9% do PIB e atingiu a 9ª posição. Agora, subiu para a 8ª colocação.

Esta é a melhor colocação do Brasil desde 2014, quando era a 7ª maior economia do mundo há cinco anos consecutivos. A 7ª posição foi a mais alta do país nos últimos 30 anos, segundo levantamento da Austin Rating. Já a pior foi a 14ª, em 2003.