Quanto rende R$ 100 mil no CDB?

Veja quanto rende R$ 100 mil no CDB e as vantagens de investir nesse tipo de aplicação financeira.

Author
Publicado em 11/06/2024 às 21:00h - Atualizado 1 mês atrás Publicado em 11/06/2024 às 21:00h Atualizado 1 mês atrás por Carlos Filadelpho
Quanto rende R$ 100 mil no CDB
Quanto rende R$ 100 mil no CDB

Quanto rende R$ 100 mil no CDB? Essa é uma dúvida comum entre os brasileiros que buscam investir com segurança e ter bons retornos sobre o capital.

Sabendo disso, o Investidor10 decidiu preparar um conteúdo completo sobre o assunto, e apresentar simulações práticas a respeito do rendimento dos títulos CDB.

Para saber mais e conferir se a rentabilidade que esse tipo de aplicação oferece, é o que você procura, continue conosco e acompanhe este conteúdo até o final.

O que é CDB?

CDB é a sigla para Certificado de Depósito Bancário. Trata-se de um tipo de título de renda fixa emitido por bancos para captar recursos junto aos investidores.

Existem basicamente três tipos de títulos CDB:

CDB pré-fixado: O investidor sabe exatamente quanto receberá no final do período de investimento, pois a taxa de juros é definida no momento da aplicação.

CDB pós-fixado: O rendimento está atrelado a um índice de referência, como o CDI, que acompanha a Selic (taxa básica de juros). O retorno só é conhecido no final do período de investimento, pois depende da variação do índice.

CDB híbrido: Combina uma taxa de juros fixa com uma parte variável, geralmente atrelada à inflação (IPCA), garantindo proteção contra a perda de poder de compra.

Quanto rende um título CDB?

O rendimento de um título CDB pode variar em função de vários fatores, como o tipo de CDB (pré-fixado, híbrido ou pós-fixado), a taxa de juros oferecida pelo banco emissor e o prazo de investimento.

Além disso, é importante considerar que o rendimento bruto de um CDB está sujeito à tributação pelo Imposto de Renda, conforme a tabela regressiva:

22,5% para investimentos até 180 dias;

20% para investimentos de 181 a 360 dias;

17,5% para investimentos de 361 a 720 dias;

15% para investimentos acima de 720 dias.

Diante disso, é essencial calcular tanto o rendimento bruto quanto o líquido (após impostos) para entender o retorno real do investimento.

Quanto rende R$ 100 mil no CDB?

Quanto rende R$ 100 mil no CDB? A resposta para essa pergunta pode variar em função do tempo em que você pretende manter o valor aplicado e a rentabilidade oferecida pelo banco emissor do título.

Sendo assim, preparamos dois exemplos, um considerando um CDB pré-fixado com taxa de juros de 12% ao ano e outro, considerando um CDB pós-fixado, com taxa de juros de 100% do CDI, considerando um CDI de 10,40%.

Dito isso, é importante esclarecer que a taxa CDI não é fixa, ou seja, ela pode variar para mais ou para menos de acordo com as variações da taxa SELIC, a taxa básica de juros da economia, que por sua vez, é definida pelo Banco Central.

Sendo assim, antes de investir em um CDB atrelado ao CDI, é muito importante que você verifique a taxa atual do CDI e a tendência para os próximos meses (queda ou subida).

CDB pré-fixado com taxa de juros de 12% ao ano

Considerando R$ 100 mil reais investidos durante 1 ano, com taxa de juros de 12% ao ano, teríamos o seguinte resultado:

Mês

Juros

Total

Juros

Total

Acumulado

1

R$948,88

R$948,88

R$100.948,88

2

R$957,88

R$1.906,76

R$101.906,76

3

R$966,97

R$2.873,73

R$102.873,73

4

R$976,15

R$3.849,88

R$103.849,88

5

R$985,41

R$4.835,29

R$104.835,29

6

R$994,76

R$5.830,05

R$105.830,05

7

R$1.004,20

R$6.834,25

R$106.834,25

8

R$1.013,73

R$7.847,98

R$107.847,98

9

R$1.023,35

R$8.871,33

R$108.871,33

10

R$1.033,06

R$9.904,38

R$109.904,38

11

R$1.042,86

R$10.947,24

R$110.947,24

12

R$1.052,76

R$12.000,00

R$112.000,00

Imposto de Renda

R$2.400,00

--

Valor Líquido

--

R$109.600,00

CDB pós-fixado em 100% do CDI (considerando CDI de 10,40%):

Considerando R$ 100 mil reais investidos durante 1 ano, com rentabilidade de 100% de um CDI de 10,40% ao ano, teríamos o seguinte resultado:

Mês

Juros

Total

Juros

Total

Acumulado

1

R$827,91

R$827,91

R$100.827,91

2

R$834,76

R$1.662,67

R$101.662,67

3

R$841,67

R$2.504,34

R$102.504,34

4

R$848,64

R$3.352,99

R$103.352,99

5

R$855,67

R$4.208,65

R$104.208,65

6

R$862,75

R$5.071,40

R$105.071,40

7

R$869,89

R$5.941,30

R$105.941,30

8

R$877,10

R$6.818,40

R$106.818,40

9

R$884,36

R$7.702,75

R$107.702,75

10

R$891,68

R$8.594,43

R$108.594,43

11

R$899,06

R$9.493,49

R$109.493,49

12

R$906,51

R$10.400,00

R$110.400,00

Imposto de Renda

R$2.080,00

--

Valor Líquido

--

R$108.320,00

Como podemos observar, é possível ganhar dinheiro e obter uma fonte de renda passiva investindo em títulos CDB. No entanto, para maximizar o retorno e o crescimento do seu patrimônio, recomendamos a realização de novos aportes mensais.

Ao realizar novos aportes mensais, você aproveita o famoso efeito bola de neve dos juros compostos, o que possibilitará um crescimento exponencial do seu patrimônio ao longo do tempo.

Vantagens de investir em CDB

Agora que você já sabe quanto rende R$ 100 mil no CDB, confira as principais vantagens de investir nesse tipo de título:

Garantia do FGC: Os CDBs são garantidos pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC) até o limite de R$ 250.000,00 por instituição financeira e por CPF. Isso proporciona uma camada adicional de segurança para o investidor, mitigando riscos em caso de falência do banco emissor.

Taxas competitivas: CDBs oferecem taxas de retorno superiores às da poupança e de outros investimentos de baixo risco.

Diversidade de opções: Há uma variedade de CDBs disponíveis, incluindo pré-fixados (com retorno definido), pós-fixados (atrelados ao CDI) e híbridos (combinando taxa fixa e indexada à inflação).

Baixo valor inicial: Muitos CDBs exigem um investimento inicial relativamente baixo, tornando-os acessíveis para todos os investidores.

Opções com liquidez diária: Alguns CDBs oferecem liquidez diária, permitindo ao investidor resgatar seu dinheiro a qualquer momento, o que é útil para quem deseja construir uma reserva financeira de emergência.

Gestão passiva: Diferentemente de ações ou fundos de investimento, CDBs não exigem uma gestão ativa, facilitando a vida do investidor.

Rendimentos previsíveis: Especialmente em CDBs pré-fixados, os investidores sabem exatamente quanto irão receber ao final do período de investimento, proporcionando maior segurança e planejamento financeiro.

Investir em CDBs pode ser uma excelente escolha para quem busca um investimento seguro, rentável e com diversas opções de liquidez e prazos.

Com a proteção do FGC e a possibilidade de obter retornos atrativos, os CDBs se destacam como uma alternativa viável para diversificação de carteira e planejamento financeiro.

Para começar a investir nesse tipo de título, envie uma ordem de compra através da sua corretora de valores ou do seu banco. Basta acessar a área de investimentos em renda fixa, selecionar o CDB de sua preferência e realizar a compra do valor desejado.

Esse conteúdo foi útil? Então compartilhe com seus amigos e continue navegando e absorvendo conhecimento sobre o mercado financeiro aqui no blog do Investidor10.