Você sabe como funcionam os juros simples, quando são utilizados e como efetuar o seu cálculo?

Nesse conteúdo, o Investidor 10, apresenta detalhes sobre o famoso juros simples, suas aplicações e forma de cálculo. 

Vale destacar, que para o bom investidor, conhecer o funcionamento das taxas de juros e suas metodologias de cálculo é fundamental.

Juros Simples
Mão fazendo pilha de moeda – Foto por Freepik

O que são juros simples?

Basicamente, os juros simples são um percentual aplicado sobre determinado capital por um período de tempo específico. Achou complicado? 

Não se preocupe, na sequência desse conteúdo você verá que na prática e através de exemplos tudo fica mais fácil.

Se na teoria os juros podem parecer complicados, na prática não é tão complexo assim e por sinal eles estão até mesmo presentes no seu dia a dia.

Qual é a função dos juros simples?

Os juros simples possuem a função de remunerar títulos de investimento e dívidas, favorecendo investidores e credores em suas relações de consumo.

Em geral, os juros costumam ser aplicados em contas em atraso e também como forma de remuneração em alguns títulos de renda fixa e também da renda variável.

Vale destacar também, que os juros podem por muita das vezes funcionar como ferramenta para compensar as instituições financeiras e demais credores em relação ao risco de concessão de crédito aos seus clientes e devedores.

Juros simples: Qual a fórmula para o seu cálculo
Mulher movendo quadrados – Foto: Freepik

Como o juros simples é calculado?

Calcular o juros simples é muito fácil e o primeiro passo consiste em conhecer a sua fórmula. Sim, existe uma pequena fórmula matemática para o cálculo desse tipo de juros, mas você não precisa se assustar, é bem simples.

Fórmula para cálculo de juros simples:

J = C x I x T

Onde:

  • J: Juros;
  • C: Capital;
  • I: Taxa de Juros;
  • T: Tempo.

Como podemos observar temos 4 letras que juntas representam a fórmula de cálculo do juros simples Fórmula essa, que multiplica o capital por uma taxa de juros e por um período de tempo.

Achou complicado? Veja como funciona em um exemplo prático:

Suponhamos que João, investiu R$ 10.000,00 durante 12 meses em determinado ativo que oferecia rentabilidade de 2% ao mês com base nos juros simples.

Com essas informações em mãos, João gostaria de calcular quanto o seu dinheiro renderia nessa aplicação, veja logo abaixo o cálculo que ele fez e o resultado encontrado.

  • J = C · i · t
  • J = R$ 10.000 · 0,02 · 12
  • J = R$ 12.400,00

Onde:

  • C: Capital (R$ 10.000,00);
  • I: Taxa de Juros (2% ou 0,02);
  • T: Tempo (12 meses).
Juros Compostos: Entenda tudo sobre esse poderoso juros
Pessoa mexendo na calculadora – Foto: Freepik

Aplicando a fórmula acima, João concluiu que após 12 meses receberia R$ 12.400,00 ou seja, lucro de R$ 2.400,00. Sem dúvidas, um bom investimento, não é mesmo?

Agora que você já sabe como funciona e também como calcular o juros simples, aproveite para aprender ainda mais navegando por outros conteúdos relacionados ao universo financeiro e dos investimentos em nosso blog, clicando aqui.

Ficou com alguma dúvida em relação a esse conteúdo? Sinta-se à vontade em enviar o seu comentário.

Por fim, lembre-se de seguir o Investidor 10 nas redes sociais para ficar sempre por dentro de nossas novidades e de tudo o que acontece por aqui.

Até a próxima!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui