O investimento em ações internacionais é uma novidade que está em alta aqui no Brasil, muito em razão dos BDRs, Brazilian Depositary Receipts, uma espécie de título ligado a ações internacionais, negociados diretamente no Brasil e em moeda local.

Os BDRs chegaram no final de 2020 e já podem ser adquiridos por meio de instituições financeiras e corretoras de valores autorizadas pela CVM.

Em meio a novidade, muito tem se comentado a respeito das ações internacionais. Mas, afinal, será que vale a pena investir em ações internacionais? Quais as principais vantagens de investir em ações internacionais?

Pensando em investir em ações internacionais? Acompanhe esse conteúdo até o final, retire suas principais dúvidas sobre o assunto e veja se investir em ações internacionais é realmente um bom negócio.

O que são ações internacionais?

Chamamos de ações internacionais os títulos mobiliários de empresas negociadas nas maiores Bolsas de Valores do mundo e fora do Brasil. 

Estamos falando de empresas negociadas em mercados significativamente maiores que o brasileiro como a NYSE – New York Stock Exchange e a NASDAQ.

Você já pensou em ter na sua carteira de investimentos uma parcela do capital das maiores e mais lucrativas empresas do mundo? Dentre os ativos do mercado internacional mais procurados por investidores brasileiros, podemos citar:

Não restam dúvidas, todas as empresas listadas são verdadeiras gigantes mundiais, empresas com liderança nos seus segmentos e com negócios extremamente lucrativos.

Aqui no Brasil as ações de empresas internacionais são negociadas através dos BDRs, cujo código de negociação pode terminar em 32, 33, 34 ou 35.

Acesse a área de BDRs do investidor 10 para conferir a lista completa de ações internacionais listadas no Brasil. 

Vantagens das ações internacionais

Vantagens das ações internacionais
Vantagens das ações internacionais – Foto: Freepik

Diversificação de mercado e da carteira: Investidores que aplicam recursos em ações internacionais contam com maior segurança e estabilidade no mercado financeiro, sendo menos suscetíveis aos seus riscos.

Parte dessa segurança está relacionada à maior diversificação da carteira de investimentos.

Exposição ao Dólar: Quem investe em ativos internacionais está automaticamente exposto a moedas fortes e com alto potencial de valorização, como é o caso do Dólar.

Maior segurança quanto às instabilidades nacionais: O Brasil é um país emergente marcado por crises e instabilidades políticas e econômicas que costumam aumentar os riscos do mercado financeiro e afastar investidores.

No entanto, quem investe no exterior, busca segurança em economias sólidas e garante maior segurança para o seu capital em relação a instabilidades na economia nacional.

Exposição às maiores companhias do mundo: Investir no exterior é obter a oportunidade de investir nas maiores e mais lucrativas companhias do mundo.

Maior potencial de retorno: Por fim, vale destacar o maior potencial de retorno oferecido por boa parte das ações internacionais.

Mercados como a Bolsa de Valores americana contam com número de investidores e empresas significativamente superior ao do Brasil, o que aumenta a liquidez do mercado e também as possibilidades de retorno.

Possibilidade de retorno que também cresce devido ao valor intrínseco e potencial de crescimento das maiores empresas do mundo.

Vale a pena investir em ações internacionais?

Avaliando as principais vantagens relacionadas a investir em ações internacionais não restam dúvidas, vale sim a pena, investir em ações internacionais.

Por sinal, vale destacar, que os maiores investidores e referências brasileiras quando o assunto é o mundo dos investimentos, diversificam as suas carteiras em ações e ativos internacionais.

O Primo Rico, por exemplo, é um dos nomes do mercado financeiro que já afirmou investir em ativos internacionais.

De acordo com o Primo Rico, 25% do seu capital está investido em ações e fundos internacionais, impressionante, não é mesmo?

No entanto, é importante destacar, que a decisão por investir em ações internacionais deve partir única e exclusivamente do investidor. 

Portanto, faça as suas análises e tome decisões baseadas em objetivos concretos.

Como investir em ações internacionais?

Como investir em ações internacionais?
Como investir em ações internacionais? – Foto: Freepik

Até pouco tempo atrás, para investir no exterior era preciso abrir conta em uma corretora de valores em outro país e enviar remessas internacionais de dinheiro.

No entanto, com a chegada dos BDRs, investir em ações internacionais ficou muito mais fácil e prático.

Veja o que você precisa fazer para investir em ações internacionais:

  1. Abrir conta em uma corretora de valores;
  2. Transferir fundos para a corretora;
  3. Escolher os melhores ativos internacionais;
  4. Enviar suas ordens de compra através do Home Broker.

Mas, afinal, como escolher os melhores ativos internacionais presentes na Bolsa de Valores?

O Investidor 10 tem duas soluções para ajudar você que pretende investir em ações internacionais! Confira:

Acesso a indicadores e informações completas dos BDRs listadas na Bolsa de Valores

Curso Investindo no Exterior com Álvaro Vinícius, MBA em Mercado Financeiro e Banking

Código de negociação dos BDRs
Código de negociação dos BDRs – Foto: Freepik

Saiba mais sobre o curso Investindo no Exterior

Deseja aprender mais sobre ações internacionais e investimentos no exterior? É hora de diversificar melhor a sua carteira de investimentos, através de ativos internacionais.

Ainda não investe em ações internacionais e não sabe por onde começar? O Investidor 10 tem a oportunidade que você esperava para aumentar seus rendimentos no mercado financeiro, através de ativos internacionais.

Convidamos Álvaro Vinícius, MBA em Mercado Financeiro e Banking, criador do Canal Investindo aos 30, que ajuda sua audiência a investir com o método Buy and Hold para um curso completo sobre investimentos no exterior.

O curso investindo no exterior é indicado para qualquer investidor que deseje ser sócio das maiores empresas do mundo, com foco no crescimento do patrimônio no exterior e recebimento de dividendos em dólar.

Investir no exterior é ter a possibilidade de atrelar seu patrimônio a uma moeda forte e um mercado consolidado de regras mais estáveis e consequentemente mais protegido das crises econômicas que são recorrentes em países emergentes como o Brasil.

O mercado americano é 50 vezes maior que o brasileiro e por meio dele é possível ter acesso às maiores empresas e investimentos de todo mundo. Abrindo um leque enorme de oportunidades, aumentando a diversificação e diminuindo o risco da sua carteira.

Para saber mais sobre o curso, conhecer a grade de conteúdos e começar a investir no exterior, clique aqui.

Aproveite nossas condições especiais e adquira hoje mesmo o seu curso com um super desconto e em até 12 vezes no cartão.

Conheça a página de BDRs do Investidor 10

Você sabia que atualmente mais de 600 BDRs são negociadas no Brasil?

Aqui no Investidor 10 você encontra uma página exclusiva sobre BDRs com indicadores e informações relevantes sobre os ativos mais importantes desse segmento.

Deseja acompanhar todos os indicadores dos seus BDRs? Clique aqui e acesse agora mesmo a nossa página de BDRs.

Já segue o Investidor 10 no Instagram? Siga a nossa página para ter acesso gratuito a conteúdos relevantes sobre o mercado financeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui