O ano era 2008 e o mundo sofria com um efeito dominó do mercado financeiro. O colapso que levou diversos bancos à falência, ofuscou os investimentos e derretou as bolsas em todo mundo, serviu de inspiração para Fábio Holder, fundador do Canal do Holder.

Nessa época, Fábio, que só tinha 17 anos, se interessou pela Bolsa de Valores. De lá para cá, ele nunca mais abandonou o mercado da renda variável.

Por isso, se você quer saber mais sobre essa personalidade tão importante para o buy and hold, você está no lugar certo. Neste artigo, vamos apresentar a você quem é Fábio Holder e quais são seus ensinamentos. Vamos lá?

Quem é Fábio Holder?

Fábio Holder 1
Quem é Fábio Holder? – Foto: Instagram

Fábio Faria é um Analista de Investimentos (CNPI) que atualmente trabalha com educação financeira por meio do seu canal no Youtube (Canal do Holder) e Instagram, onde compartilha tudo o que aprendeu como 10 anos de investidor na bolsa e 5 anos como profissional do mercado de capitais.

Além disso, Fábio é formado em Engenharia Civil pela Universidade de Brasília e possui diversas certificações no mercado financeiro, como: especializações em Macroeconomia e Contabilidade pela Harvard, Gestão de Investimentos pela Université de Genève (Suíça), MBA em Finanças pela IBMEC e um curso de Mercado Financeiro pela Yale.

Para completar, além de possuir CNPI, como já mencionado, Fábio Holder também possui as licenças ICSS – Profissionais de Investimento e CNPA-20 pela ANBIMA.

Ainda, no ano de 2018, ele decidiu abandonar o trabalho como analista financeiro para se dedicar 100% à internet. Hoje, o Canal do Holder produz conteúdo no Youtube e Instagram.

Como analisar uma ação segundo Fábio Holder?

Fábio Holder 2
Como analisar uma ação segundo Fábio Holder? – Foto: Instagram

De acordo com Fábio, há duas formas de se analisar uma ação: Top Down e Bottom Up. A Top Down é analisar o ativo começando pelos seus aspectos macroeconômicos (setor que a empresa está envolvida, suas principais características, etc).

Dessa forma, também leva-se em consideração as taxas de juros, desemprego, crescimento do PIB, Taxa Selic, etc.

Já o Bottom Up, por sua vez, consiste em analisar primeiro os aspectos microeconômicos, ou seja, analisar a empresa primeiro antes de chegar ao setor dela e outros aspectos macroeconômicos.

Em suma, na análise Top Down, você dá um peso maior ao setor, enquanto na Bottom Up, você dá um peso maior à empresa. Geralmente, a estratégia Bottom Up é a mais utilizada por Fábio.

Por fim, de acordo com o Canal do Holder, os 3 pontos essenciais (porém não os únicos) que deve ser observados a analisar um ativo são:

1 – Governança Corporativa

2 – Fundamentos da empresa

3 – Vantagens Competitivas

A Governança Corporativa nada mais é do que a forma como a empresa se estrutura para assegurar os direitos dos acionistas. Além disso, de acordo com Fábio, o segmento de listagem é um ótimo indicador do nível de governança corporativa.

Os Fundamentos da empresa são os resultados que ela apresenta ao longo dos anos, como o Lucro Líquido, ROE, EBIT, etc. Eles são importantíssimos, já que podem auxiliar na maior previsibilidade dos resultados futuros da empresa.

Por fim, as Vantagens Competitivas te ajudam a entender como a empresa está posicionada no mercado e como ela será afetada em casos de crise. Ainda, de acordo com Fábio, uma estratégia é analisar as forças de Porter:

  • Rivalidade entre os concorrentes;
  • Ameaça de novos entrantes no mercado;
  • Ameaça de produtos substitutos;
  • Poder de barganha com fornecedores;
  • Poder de barganha com clientes.

Quais são as Top 5 ações de acordo com Fábio Holder?

Fábio também possui um vídeo em seu canal onde ele explica quais são as 5 melhores ações da Bolsa de Valores para ele. Elas são:

5 – Mdias Branco – MDIA3

A Mdias Branco é uma empresa brasileira do setor de massas e biscoitos que, atualmente, possui um processo produtivo verticalizado, além de deter várias outras marcas fortes.

Além disso, a empresa possui um negócio pouco alavancado e resultados consistentes há muito tempo.

4 – Engie – EGIE3

A Engie é a maior geradora de energia privada do país e suas ações chamam atenção no setor elétrico da Bolsa.

Nesse sentido, a empresa apresenta resultados bem sólidos, além de distribuir uma parcela significativa de todo o lucro em forma de dividendos.

3 – Ambev – ABEV3

A Ambev é uma empresa que é querida por alguns e por outros não. Entretanto, a empresa apresenta muitas vantagens competitivas além de ser detentora de mais de 50% do mercado cervejeiro do país.

Além disso, assim como a Engie, a empresa é uma boa pagadora de dividendos.

2 – Itaú Unibanco – ITUB3

O Itaú Unibanco, maior banco da América Latina, é a empresa com maior lucro líquido da história da Bolsa. Além disso, hoje, o Itaú possui um ROE que é praticamente o dobro das principais instituições financeiras dos Estados Unidos.

1 – Weg – WEGE3

Por fim, a Weg é uma empresa comercializadora de motores elétricos, transformadores, geradores e tintas. Nesse sentido, a companhia possui resultados muito sólidos, além de ter um ROE bem alto e uma presença comercial em mais de 130 países.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui