Como funcionam os dividendos de fundos imobiliários

Author
Publicado em 26/01/2024 às 13:50h - Atualizado 3 meses atrás Publicado em 26/01/2024 às 13:50h Atualizado 3 meses atrás por Redação
Como funcionam os dividendos de fundos imobiliários
Como funcionam os dividendos de fundos imobiliários

Você sabe como funcionam os dividendos de fundos imobiliários? Se você tem interesse em começar a investir nesse tipo de ativo, com o intuito de montar uma fonte de renda passiva mensal, esse conteúdo tem todas as informações que você precisa. Aqui neste artigo, o Investidor 10, vai explicar quais são as regras para pagamento de dividendos por parte dos fundos imobiliários, e além disso:

  • Esclarecer algumas dúvidas importantes sobre os FIIs;
  • Apresentar um ranking com os fundos que pagaram mais dividendos recentemente.

Para saber mais sobre o assunto e conferir tudo sobre dividendos de fundos imobiliários, continue conosco até o final.

O que são fundos imobiliários?

Os Fundos de Investimento Imobiliário (FII) são veículos de investimento coletivo que reúnem recursos de diversos investidores com o objetivo de aplicar em ativos relacionados ao mercado imobiliário, dentre os quais, podemos destacar:

  • Imóveis comerciais (como escritórios, shoppings, galpões industriais);
  • Investimentos financeiros lastreados em empreendimentos imobiliários (como Certificados de Recebíveis Imobiliários - CRIs).

Ao investir em um Fundo de Investimento Imobiliário, o investidor adquire cotas do fundo, tornando-se um cotista. A rentabilidade do investidor ocorre por meio da valorização das cotas e/ou pelo pagamento de rendimentos periódicos, que podem ser provenientes de aluguel ou venda de imóveis pertencentes ao fundo. Os FIIs são uma forma de democratizar o acesso ao mercado imobiliário, permitindo que investidores com diferentes níveis de poder aquisitivo, possam se beneficiar da valorização e rendimentos provenientes desses ativos. Vale ressaltar que os fundos imobiliários são regulamentados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e estão sujeitos a regras específicas, protegendo os interesses dos investidores e garantindo a transparência das operações.

Quais são as regras para pagamento de dividendos em fundos imobiliários?

Quais são as regras para pagamento de dividendos em fundos imobiliários?

Quais são as regras para pagamento de dividendos em fundos imobiliários? O pagamento de dividendos por parte dos fundos imobiliários foi regulamentado pela Lei 8.668/93, e posteriormente alterado pela Lei 9.779/99. De acordo com a legislação em questão, os FIIs devem distribuir aos seus cotistas, no mínimo, 95% dos lucros auferidos a cada semestre. No entanto, existem duas situações em que a obrigatoriedade de distribuir 95% dos lucros pode não se aplicar:

  • Quando o fundo imobiliário não gera receitas, seja por vacância (imóveis desocupados) ou por estar em fase inicial.
  • Quando, por alguma necessidade específica a assembleia de cotistas, autorize a distribuição inferior a 95% na assembleia.

Fundos imobiliários pagam dividendos todos os meses?

Não necessariamente. Embora muitos Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs) tenham o hábito de realizar distribuições de rendimentos mensais, não há uma regra que os obrigue a fazer isso todos os meses, mas sim, semestralmente. No entanto, muitos FIIs têm o compromisso de realizar distribuições mensais, o que visa atrair investidores que buscam uma renda passiva regular. Essa decisão costuma ser estabelecida no regulamento do fundo. Além disso, é importante destacar que a capacidade de um fundo imobiliário em distribuir rendimentos está diretamente relacionada ao seu desempenho financeiro, que, por sua vez, depende do desempenho dos ativos imobiliários que compõem a sua carteira. Se o fundo enfrentar períodos de vacância prolongada ou outras dificuldades financeiras, haverá um impacto na regularidade e no montante dos dividendos distribuídos. Portanto, ao investir em FIIs, é importante analisar o regulamento de cada fundo para compreender suas políticas de distribuição de rendimentos e compreender os fatores externos que podem influenciar esses pagamentos.

Como é calculado o dividend yield dos fundos imobiliários?

O Dividend Yield (DY) é uma métrica utilizada para avaliar o retorno em termos de dividendos ou rendimentos distribuídos por um investimento em relação ao seu preço de mercado. No caso de Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs), o cálculo do Dividend Yield é feito da seguinte maneira:

DY = [(total em proventos nos últimos 12 meses) ÷ (valor de cada cota do fundo)] x 100.

O Dividend Yield é expresso como uma porcentagem e dá uma ideia de quanto o investidor pode receber em termos de rendimento em relação ao preço atual da cota. Dito isso, vale destacar que:

  • O Dividend Yield é uma métrica importante, mas deve ser analisada em conjunto com outros fatores, como a qualidade dos ativos do fundo, sua gestão, e as perspectivas do mercado imobiliário.
  • O Dividend Yield é uma estimativa baseada nos rendimentos passados, e que resultados futuros podem variar.

Sendo assim, os investidores devem realizar uma análise mais detalhada do fundo antes de tomar decisões de investimento.

O que são as datas base, com e ex nos dividendos dos FIIs?

O que são as datas base, com e ex nos dividendos dos FIIs?

O que são as datas base, com e ex nos dividendos dos FIIs? Para aqueles que desejam investir em fundos imobiliários com o objetivo de receber dividendos, entender os significados de data base, data com e data ex, é algo muito importante. Confira às definições:

  • Data base: É a data de corte utilizada pelo fundo para verificar quem terá direito a receber os dividendos que serão distribuídos. Investidores que possuírem cotas do FII até a data base garantem o direito de receber os proventos.
  • Data com: É a data limite para comprar as cotas do FII e se tornar elegível para receber a distribuição de lucros anunciada.
  • Data ex: Aqueles que comprarem cotas do fundo a partir dessa data, não garantem o direito de ser contemplado na distribuição de lucros anunciada.

Como receber dividendos de Fundos Imobiliários?

Para receber dividendos de Fundos de Investimento Imobiliário (FIIs), você precisa seguir alguns passos. Confira as instruções:

  • Escolha e adquira cotas do FII: Primeiramente, você precisa escolher um FII no qual deseja investir.
  • Adquira cotas do fundo: Logo em seguida, abra uma conta em uma corretora de valores e adquira as cotas do fundo desejado.
  • Esteja com as cotas na data base: Para ter direito aos dividendos, você precisará manter a propriedade das cotas até a data base para a próxima distribuição de dividendos.
  • Receba os dividendos: Quando a administradora do FII distribuir os dividendos, os valores serão creditados em sua conta na corretora de investimentos.

Após o recebimento dos dividendos, você pode optar por utilizar os valores como uma renda passiva ou reinvesti-los na compra de mais cotas do mesmo FII ou de outros tipos de investimentos.

Quais fundos imobiliários pagam mais dividendos atualmente?

Para conferir quais fundos imobiliários pagam mais dividendos atualmente, você pode acessar o nosso Ranking de FIIs. No entanto, não recomendamos que você utilize o ranking como único fator para nortear suas decisões de investimentos. Faça uma análise geral do fundo e leve em consideração outros fatores antes de investir. Para mais conteúdos, indicadores e informações sobre o mundo dos investimentos, continue acompanhando o Investidor 10 e siga nossas redes sociais.