Suzano (SUZB3) pagará R$ 1,5 bilhão em JCP, veja valor por ação

Companhia ainda anunciou a intenção de investir R$ 14,6 bilhões em 2024. É 21% menos que o previsto para 2023

Author
Publicado em 01/12/2023 às 16:06h - Atualizado 6 meses atrás Publicado em 01/12/2023 às 16:06h Atualizado 6 meses atrás por Marina Barbosa
Suzano trabalha na plantação de eucalipto para produção de celulose e papel. Foto: Reprodução/Facebook
Suzano trabalha na plantação de eucalipto para produção de celulose e papel. Foto: Reprodução/Facebook

A Suzano (SUZB3) aprovou nesta sexta-feira (1º) a distribuição de R$ 1,5 bilhão em JCP (Juros sobre o Capital Próprio). O provento será pago no início do próximo ano, no dia 10 de janeiro de 2024.

🗓️ Terão direito ao JCP os acionistas que estiverem registrados no dia 7 de dezembro, isto é, na próxima quinta-feira. Por isso, as ações da companhia passarão a ser negociadas na condição de ex-juros a partir de 8 de dezembro.

💰 Segundo a Suzano, o provento bilionário corresponde a um valor bruto de R$ 1,163375077 por ação de emissão da companhia. O JCP, no entanto, está sujeito à dedução de 15% de IR (Imposto de Renda). Por isso, o valor líquido por ação pode ser um pouco menor.

Os acionistas que têm direito a isenção têm até o dia 11 de dezembro para comprovar essa condição e escapar do imposto.

Suzano atualiza Capex

Além de aprovar a distribuição de JCP, o Conselho de Administração da Suzano anunciou nesta sexta-feira (1º) o plano de investimentos de capital da companhia para 2024. A ideia é investir um total de R$ 14,6 bilhões no próximo ano.

💸 O total de investimentos previsto para 2024 é 21% menor que o deste ano. A Suzano confirmou o Capex (estimativa de investimento de capital) de R$ 18,5 bilhões para 2023. Segundo a companhia, a redução se deve a um menor desembolso no Projeto Cerrado, que prevê a construção de uma fábrica de celulose com baixo nível de emissão de carbono no Mato Grosso do Sul.

Leia também: B3 (B3SA3): Estrangeiros voltam em peso à bolsa brasileira em novembro

A Suzano investiu R$ 8,9 bilhões no Projeto Cerrado em 2023, mas vai reduzir essa cifra para R$ 4,6 bilhões em 2024. A companhia disse, por sua vez, que "a estimativa de investimento de capital relativo à plena execução do Projeto Cerrado mantem-se em um total de R$ 22,2 bilhões, de forma que é esperado para 2025 um desembolso residual de R$ 0,5 bilhão".

🌱 Por outro lado, a companhia ampliará os investimentos em manutenção, expansão, modernização e outros. Os custos de manutenção subirão R$ 1,3 bilhão por causa da entrada em operação do atual Projeto Cerrado e de maiores gastos florestais, relativos ao aumento da área plantada.

Já os investimentos com expansão, modernização e outros terá um acréscimo de aproximadamente R$ 100 milhões por causa do projeto de produção de celulose fluff a partir da madeira de eucalipto em Limeira, São Paulo.

💰 Veja os investimentos de capital projetados pela Suzano para 2023 e 2024:

2023

  • Manutenção: R$ 6,4 bilhões;
  • Expansão, modernização e outros: R$ 0,8 bilhão;
  • Terras e florestas: R$ 2,4 bilhões;
  • Projeto Cerrado: R$ 8,9 bilhões;
  • Total: R$ 18,5 bilhões.

2024

  • Manutenção: R$ 7,7 bilhões;
  • Expansão, modernização e outros: R$ 0,9 bilhão;
  • Terras e florestas: R$ 1,4 bilhões;
  • Projeto Cerrado: R$ 4,6 bilhões;
  • Total: R$ 14,6 bilhões.