São Paulo aprova salário mínimo de R$ 1.640, veja quem tem direito

O piso estadual é 16,1% maior que o salário mínimo nacional, que é de R$ 1.412 em 2024.

Author
Publicado em 24/05/2024 às 14:58h - Atualizado 2 meses atrás Publicado em 24/05/2024 às 14:58h Atualizado 2 meses atrás por Marina Barbosa
Salário mínimo paulista teve reajuste de 5,8% (Shutterstock)
Salário mínimo paulista teve reajuste de 5,8% (Shutterstock)

O governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas(Republicanos), sancionou nesta sexta-feira (24) o reajuste do salário mínimo paulista. O piso subiu 5,8%, de R$ 1.550 para R$ 1.640.

💵 O salário mínimo paulista foi criado em 2007, com o intuito de considerar a demanda de mão-de-obra e o custo de vida de São Paulo e serve como base para os trabalhadores do Estado que não têm um mínimo definido em lei federal, convenção ou acordo coletivo de trabalho.

O piso estadual está acima do salário mínimo nacional, fixado pelo governo federal. Considerando o reajuste para R$ 1.640, o salário mínimo estadual supera em 16,1% o nacional, que neste ano é de R$ 1.412.

Leia também: Receita libera consulta do maior lote de restituição da história

O valor ainda representa um reajuste real em relação à inflação acumulada nos últimos 12 meses, que foi de 3,69% em abril, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

"É um compromisso da nossa gestão de promover mais dignidade para a população", afirmou o governador Tarcísio de Freitas.

O governo de São Paulo definiu o valor de R$ 1.640 para o salário mínimo paulista de 2024 no fim de abril. A proposta foi aprovada pela Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) no dia 14 de maio.

Quem recebe o salário mínimo paulista?

👷 Atualmente, 70 classes de trabalhadores têm direito ao salário mínimo paulista, entre trabalhadores domésticos, cuidadores de idosos, motoboys, manicures, garçons e operadores de telemarketing.

Veja a lista completa dos trabalhadores que têm direito ao piso:

Trabalhadores domésticos, cuidadores de idosos, serventes, trabalhadores agropecuários e florestais, pescadores, contínuos, mensageiros e trabalhadores de serviços de limpeza e conservação, trabalhadores de serviços de manutenção de áreas verdes e de logradouros públicos, auxiliares de serviços gerais de escritório, empregados não especializados do comércio, da indústria e de serviços administrativos, cumins, “barboys”, lavadeiros, ascensoristas, “motoboys”, trabalhadores de movimentação e manipulação de mercadorias e materiais e trabalhadores não especializados de minas e pedreiras, operadores de máquinas e implementos agrícolas e florestais, de máquinas da construção civil, de mineração e de cortar e lavrar madeira, classificadores de correspondência e carteiros, tintureiros, barbeiros, cabeleireiros, manicures e pedicures, dedetizadores, vendedores, trabalhadores de costura e estofadores, pedreiros, trabalhadores de preparação de alimentos e bebidas, de fabricação e confecção de papel e papelão, trabalhadores em serviços de proteção e segurança pessoal e patrimonial, trabalhadores de serviços de turismo e hospedagem, garçons, cobradores de transportes coletivos, “barmen”, pintores, encanadores, soldadores, chapeadores, montadores de estruturas metálicas, vidreiros e ceramistas, fiandeiros, tecelões, tingidores, trabalhadores de curtimento, joalheiros, ourives, operadores de máquinas de escritório, datilógrafos, digitadores, telefonistas, operadores de telefone e de “telemarketing”, atendentes e comissários de serviços de transporte de passageiros, trabalhadores de redes de energia e de telecomunicações, mestres e contramestres, marceneiros, trabalhadores em usinagem de metais, ajustadores mecânicos, montadores de máquinas, operadores de instalações de processamento químico e supervisores de produção e manutenção industrial, administradores agropecuários e florestais, trabalhadores de serviços de higiene e saúde, chefes de serviços de transportes e de comunicações, supervisores de compras e de vendas, agentes técnicos em vendas e representantes comerciais, operadores de estação de rádio e de estação de televisão, de equipamentos de sonorização e de projeção cinematográfica.