Biden lamenta “devastação” causada por enchentes no RS

Biden disse que ele e a primeira-dama Jill estão "profundamente tristes".

Author
Publicado em 12/05/2024 às 10:21h - Atualizado 1 mês atrás Publicado em 12/05/2024 às 10:21h Atualizado 1 mês atrás por Elanny Vlaxio
A tragédia já tem mais de cem mortes confirmadas (Shutterstock)
A tragédia já tem mais de cem mortes confirmadas (Shutterstock)

📋 A Casa Branca emitiu um comunicado oficial, declarando que os EUA estão em contato com as autoridades brasileiras para oferecer assistência necessária, embora não tenha fornecido detalhes sobre o tipo de ajuda que será oferecida.

“Jill [Biden] e eu estamos profundamente tristes pelas vidas perdidas e pela devastação causada pelas enchentes no Brasil. Nossos pensamentos e orações estão com as pessoas impactadas por essa tragédia e com os socorristas que trabalham no resgate e para fornecer ajuda médica às famílias e indivíduos", disse Biden em comunicado.

Leia também: Saiba como e onde doar para as vítimas no Rio Grande do Sul

☁️ O número de óbitos decorrentes das intensas chuvas que assolam o Rio Grande do Sul aumentou para 136, conforme comunicado da Defesa Civil estadual divulgado na manhã do último sábado (11). Segundo os dados levantados pelo governo do RS, 125 indivíduos estão desaparecidos e 756 ficaram feridos.

O contingente de pessoas desalojadas - aquelas que deixaram suas residências e buscaram abrigo com parentes e amigos - permanece inalterado desde o último relatório, divulgado na noite de sexta-feira (10), totalizando 339.928 pessoas nesta situação. Entretanto, o número daqueles que encontraram abrigo em alojamentos aumentou para 71.398.