Biomm (BIOM3) fecha acordo com Biocon e ações disparam mais de 20%

As farmacêuticas irão produzir um medicamento similar a Ozempi.

Author
Publicado em 17/04/2024 às 15:10h - Atualizado 1 mês atrás Publicado em 17/04/2024 às 15:10h Atualizado 1 mês atrás por Elanny Vlaxio
(Shutterstock)
(Shutterstock)

A Farmacêutica Biomm (BIOM3) anunciou, nesta quarta-feira (17), que fechou uma parceria com a indiana Biocon para produzir medicamento similar ao Ozempic no Brasil. Com o comunicado, por volta das 14h45, as ações da Biomm dispararam 26,55%, a R$ 14,06.

📈 Segundo o acordo, a Biocon será responsável pelo desenvolvimento, fabricação e fornecimento do remédio, enquanto a Biomm ficará encarregada de obter aprovação regulatória e comercializar o produto no Brasil.

Leia também: Arezzo (ARRZ3) e Grupo Soma (SOMA3) já perderam R$ 2,5 bi em valor de mercado, diz jornal

O novo medicamento tem como objetivo ativo a semaglutida, algo similar ao hormônio GLP1, que promove a saciedade. Até 2026, a dinamarquesa Novo Nordisk tem direito de exclusividade sobre a semaglutida. Depois do prazo, outros fabricantes poderão produzir medicamentos similares.

💉 O Ozempic, medicamento injetável à base de semaglutida, vem se destacando no cenário brasileiro como um aliado no combate à diabetes tipo 2 e, mais recentemente, à obesidade.

Em 2023, suas vendas no país alcançaram R$ 3,1 bilhões, demonstrando um crescimento médio de 39% entre 2021 e 2023, segundo dados da IQVIA.

BIOM3

BIOMM
Cotação

R$ 13,11

Variação (12M)

122,20 % Logo BIOMM

Margem Líquida

-65,56 %

DY

0%

P/L

-14,55

P/VP

3,62