7 empresas pagam dividendos nesta semana; veja agenda

Alupar, Renner e JHSF são algumas das companhias que vão depositar proventos

Author
Publicado em 08/07/2024 às 07:00h - Atualizado 16 dias atrás Publicado em 08/07/2024 às 07:00h Atualizado 16 dias atrás por Wesley Santana
Foto: Shutterstock
Foto: Shutterstock

📊 Ao menos sete empresas pagam proventos nesta semana, entre dividendos e JCP (Juros sobre Capital Proprio). A lista inclui companhias conhecidas do público e que chegam a distribuir R$ 350 milhões aos seus acionistas.

Veja a seguir quais são as empresas que vão distribuir seus lucros entre os dias 8 e 12 de julho, segundo a bolsa de valores. Em todos os casos, a data de corte foi no mês passado. 

Leia mais: Santander escolhe 10 ações para lucrar na Bolsa em julho; confira os nomes

Alupar (ALUP11): a companhia de energia abre a rodada da semana pagando R$ 66,7 milhões em dividendos na segunda (8). A empresa diz que serão distribuídos R$ 0,06 por ação ordinária e R$ 0,21 por unit.

Rede D’Or (RDOR3): o grupo do setor de saúde prevê distribuir R$ 350 milhões em JCP para os investidores que estavam comprados no dia 28 de junho. Agendado para a terça (9) Cada ação dá direito a 

Lojas Renner (LREN3): também na terça, a varejista de moda vai pagar proventos via JCP no total de R$ 149 milhões. Os felizardos são aqueles que estavam posicionados no dia 26 de junho. 

JHSF (JHSF3): a incorporadora vai seguir com seu pagamento mensal de dividendos no valor de R$ 20,8 milhões. Cada ação dará direito a receber R$ 0,03 que será depositado na quarta (10).

Blau Farmacêutica (BLAU3): também na quarta, os acionistas da companhia devem receber JCP equivalente a R$ 0,14 por ação. A data de corte foi no dia 26 de junho, segundo fato relevante.

CSU Digital (CSUD3): do segmento de tecnologia, na quinta (11), a empresa vai distribuir JCP de R$ 0,15 por ação. A data de corte foi o último dia 28 de junho. 

ABC Brasil (ABCB4): representante do setor de bancos, os investidores receberão R$ 0,78 por ação na sexta (12). A empresa prevê a divisão total de R$ 188,5 milhões a quem detinha os papéis no dia 28 de junho.