Semana tem feriado e dados importantes no Brasil e nos EUA, veja agenda

A bolsa brasileira fecha na quinta-feira (30), mas antes tem IPCA-15, Caged e Pnad.

Author
Publicado em 26/05/2024 às 14:12h - Atualizado 21 dias atrás Publicado em 26/05/2024 às 14:12h Atualizado 21 dias atrás por Marina Barbosa
Mercados reabrem na sexta-feira, depois do feriado de Corpus Christi (Shutterstock)

A semana será mais curta, com feriados no Brasil e nos Estados Unidos. Ainda assim, trará muitos dados relevantes para os investidores, como dados da inflação brasileira e da economia americana, além de quase R$ 5 bilhões em proventos.

🗓️ A semana começa com a divulgação do Boletim Focus, com as projeções do mercado financeiro para os principais indicadores da economia brasileira. Entre outras coisas, vale observar se os analistas elevarão novamente a projeção para a taxa Selic de 2024, que subiu de 9,5% para 10% nas últimas três semanas.

Ainda na segunda-feira (27), o BC (Banco Central) publica as estatísticas monetárias e de crédito de abril, como a taxa de inadimplência bancária. O dia, contudo, pode ter um volume reduzido de negociações, pois as bolsas americanas estarão fechadas em virtude do Dia do Memorial.

Leia também: 26 empresas pagam dividendos e JCP nesta semana, confira

Na terça-feira (28), o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) publica a prévia da inflação de maio, o IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15). O índice desacelerou para 0,21% em abril, mas analistas projetam nova alta dos preços em maio. Conhecido como a inflação do aluguel, o IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado) do mês sai na quarta-feira (29).

💲 Dados do mercado de trabalho brasileiro também serão publicados nesta semana. O Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) mostra o saldo de vagas de emprego com carteira assinada de abril na terça-feira (28). Já a taxa de desemprego do mês sai no dia seguinte.

Ainda na quarta-feira (29), o Banco Central publica as estatísticas fiscais de abril, com dados como o resultado primário do setor público e a DBGG (Dívida Bruta do Governo Geral).

No feriado de Corpus Christi, olhos nos EUA

Na quinta-feira (30), a agenda econômica tem uma pausa e a bolsa fecha no Brasil devido ao feriado de Corpus Christi. Nos Estados Unidos, no entanto, o dia é de divulgação da segunda leitura do PIB (Produto Interno Bruto) do primeiro trimestre.

A semana termina com o PCE (índice de preço de consumo pessoal) de abril, na sexta-feira (31). O índice é um dos preferidos do Fed (Federal Reserve). Por isso, pode mexer com as estimativas de corte de juros nos Estados Unidos e, consequentemente, com a bolsa brasileira.

Diante da força da inflação e da economia americana, a percepção é de que os juros americanos ficarão no atual patamar pelo menos até setembro. Parte dos analistas já diz que os cortes virão só a partir de novembro.

Leia também: Prazo para declarar o Imposto de Renda acaba na 6ª feira

Ibovespa no vermelho, mas dividendos em alta

Vale lembrar que a bolsa brasileira opera normalmente na sexta-feira (31), depois do feriado de Corpus Christi, e será o fechamento do mês. O Ibovespa acumula uma queda de 1,29% em maio até agora. Na semana passada, por exemplo, não teve um dia sequer de alta.

Se nada mudar nos próximos dias, maio deve ser o quarto mês de queda do Ibovespa em 2024. O principal índice da B3 só subiu em fevereiro neste ano.

A semana ainda será recheada de proventos para os investidores da bolsa brasileira. É que 26 empresas pagarão dividendos e JCP (Juros sobre o Capital Próprio) nos próximos dias. Os proventos somam quase R$ 5 bilhões. Veja aqui a lista das empresas que remuneram os seus acionistas nos próximos dias.

Também é importante lembrar que sexta-feira (31) é o último dia para declarar o Imposto de Renda de 2024. Quem for obrigado a declarar e não cumprir o prazo estará sujeito ao pagamento de multas. Por isso, o Investidor10 preparou um guia para esclarecer suas dúvidas sobre o Imposto de Renda, veja aqui.